Campinas tem mais de 33 mil contaminados pelo novo coronavírus.
Divulgação/Prefeitura de Campinas
Campinas tem mais de 33 mil contaminados pelo novo coronavírus.


Campinas confirmou, em boletim divulgado pela Secretaria da Saúde nesta terça-feira (29), mais sete vítimas fatais da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Com isso, o número de óbitos sobe para 1.233. Foram registrados também mais 184 contaminados pelo vírus e 141 pessoas recuperadas.

Das sete vítimas, quatro eram mulheres e três eram homens; seis tinham comorbidades e uma pessoa não tinha outras doenças. Sobre a faixa etária, duas vítimas tinham menos de 60 anos: uma na faixa 50 e 59 anos e a outra com idade entre 40 e 49 anos.

Leia também: Veja como ajudar famílias vítimas de incêndio na Vila Paula

Veja os números divulgados nesta segunda-feira:

- 1.233 óbitos (7 novos)
- 10 óbitos em investigação (igual segunda)
- 33.117 casos confirmados (184 novos)
- 65.232 casos descartados (484 novos)
- 587 casos em investigação (26 novos)
- 31.464 pessoas recuperadas (141 novas)
- 267 internadas (6 a menos)
- 152 em isolamento domiciliar (42 novas)

 Veja os dados sobre as novas vítimas confirmadas:

– Mulher, de 46 anos, que tinha comorbidades. Morreu no dia 27 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 60 anos, que não tinha comorbidades. Morreu no dia 25 de setembro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 53 anos, que tinha comorbidades. Morreu no dia 26 de setembro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Mulher, de 74 anos, que tinha comorbidades. Morreu no dia 26 de setembro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

– Homem, de 70 anos, que tinha comorbidades. Morreu no dia 23 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Mulher, de 92 anos, que tinha comorbidades. Morreu no dia 28 de setembro em hospital privado. O exame foi feito em laboratório privado.

– Homem, de 75 anos, que tinha comorbidades. Morreu no dia 28 de setembro em hospital público. O exame foi feito no laboratório do Instituto Adolfo Lutz.

    Veja Também

      Mostrar mais