Rafa e vice são denunciados por compra de votos durante festa.
Reprodução/A ACidade ON
Rafa e vice são denunciados por compra de votos durante festa.


O Ministério Público Eleitoral  (MPE) pediu, nesta sexta-feira (13), que Rafa Zimbaldi (PL) tenha a candidatura à Prefeitura de Campinas cassada por compra de votos. A acusação envolve também a vice da chapa, Annabê Sampaio (PSDB) , e ainda será avaliada pela 33º Zona Eleitroal.

A denúncia, protocolada na terça-feira (10), acusa a dupla de tentar comprar votos ao distribuir pizzas e bebidas durante um evento com empresários. “Os fatos relatados não descrevem apenas uma reunião político-partidária, mas sim um evento regado a comida e bebida, patrocinado pelos representados, configurando o ilícito de captação ilícita de sufrágio", diz o pedido da promotora eleitoral Simone Rodrigues Horta Gomes


O evento foi realizado na noite do dia 26 de outubro, na Fazenda Santa Margarida.  Segundo a representação da promotora, os candidatos “forneceram aos convidados, mediante explícitos pedidos de votos e apoio político, além de bebidas, dentre refrigerantes e cervejas, buffet com rodizio de pizzas".

Em nota oficial, a assessoria de Zimbaldi afirma que a reunião foi um encontro realizado por amigos, sem cunho polítco.

"Como já esclarecido anteriormente, o fato narrado na denúncia não se tratou de um evento político, mas sim de uma reunião realizada por amigos dos candidatos, que os convidaram para dela participar, na residência de um dos presentes que, inclusive, é parente da candidata a vice-Prefeita. Não houve qualquer ilegalidade praticada pelos candidatos, o que restará comprovado com a defesa", diz a nota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários