Alessandra Ribeiro  não vai apoiar ninguém no segundo turno.
ig
Alessandra Ribeiro não vai apoiar ninguém no segundo turno.


O PCdoB , que teve Alessandra Ribeiro como candidata à Prefeitura de Campinas durante o primeiro turno, anunciou nesta quinta-feira (19) que não apoiará nenhum candidato na disputa do segundo turno . A mesma decisaõ foi anunciada por Rogério Parada , que concorreu pelo PRTB .

A briga pelo Palácio dos Jequitibás ficou entre Dário Saadi (Republicanos) e Rafa Zimbaldi (PL). Com 12.245 votos (2,59%), Alessandra ficou em sétimo lugar entre 14 políticos que concorreram no último domingo (15). 

"Por ter a convicção de que os projetos apresentados por Rafa Zimbaldi e Dário Saadi não representam os verdadeiros interesses do povo campineiro e de Campinas, (o PCdoB) não apoia e não indica o voto em nenhum dos projetos eleitorais em disputa neste segundo turno. E também não autoriza nenhum membro do partido a declarar apoio ou voto a qualquer uma das candidaturas", diz a nota.


O texto ainda diz que o partido vai "exercer oposição responsável e independente, orientando sua militância para construção de uma ampla unidade na luta social e em defesa dos interesses da população campineira".

Você viu?

Rogério Parada

Já Rogério Parada, dono de 6.778 votos (1,43%), anunciou a decisão com a publicação de um vídeo nas redes sociais. Na gravação, ele pede para que as pessoas que votaram nele no primeiro turno votem "branco e nulo" no segundo.

"Não vou apoiar ninguém. MInha sugestão: votemos todos branco e nulo. Meu eleitores, eu peço, vá e vote branco e nule. Eleitor do Artur Orsi, vote branco e nulo, mostre que seu voto não está à venda. Eleitor do Pedro Tourinho, Wilson Matos, Teresinha, votem branco e nulo. Vocês votaram contra isso. Vamos mostrar que a maioria de Campinas não aceita que eles vão ser prefeitos.", afirmou.

Rogério Parada foi o andidato do PRTB à Prefeitura de Campinas.
Divulgação
Rogério Parada foi o andidato do PRTB à Prefeitura de Campinas.


Posição dos outros candidatos

Antes de Alessandra Ribeiro e Rogério Parada, os candidatos Pedro Tourinho (PT), Edson Dorta (PCO) e Laural Leal (PSTU) também decidiram não apoiar nenhum dos nomes que foi para o segundo turno.

Até agora,  Dário Saadi conseguiu o apoio do PDT de Dr. Hélio, do PV de Rogério Menezes, do PSD de Artur Orsi e do Cidadania de André von Ziben

Já  Rafa Zimbaldi só conseguiu o apoio do Patriota, que concorreu com Wilson Matos, e do PTB, da candidata Delegada Teresinha.

ApenasAhmed Tarique (PMN)ainda não se manifestarou sobre apoio no segundo turno.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários