ACidade ON

Pandemia: passageiros reclamam de lotação em linha 386 em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Pandemia: passageiros reclamam de lotação em linha 386 em Campinas

Usuários da linha 386 de Campinas têm reclamado que o ônibus está sempre operando com a capacidade máxima de pessoas durante o trajeto. Nesta semana, duas passageiras registraram a situação no coletivo que faz a ligação entre a Rodoviária de Campinas e o bairro do Cambuí .

Na terça-feira (24), a passageira Juliana Araújo gravou a lotação dentro do ônibus. Nesta quinta-feira (26), a aglomeração se repetiu e foi filmada pela usuária Loana Rodrigues (veja vídeo abaixo).


Você viu?

Loana utiliza a linha diariamente para ir ao trabalho e, segundo ela, com os ônibus reduzidos, todo dia enfrenta o mesmo problema para chegar ao trabalho. Ela disse ainda que quando o ônibus chega na Rua Conceição já está com a capacidade máxima de pessoas e ele também ficaria parado esperando as pessoas conseguirem entrar. 

OUTRO LADO 

Procurada, a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) disse que a linha 386 atualmente opera com a oferta de veículos cerca de 10% superior à demanda de passageiros, nos horários de pico. "A demanda de passageiros atual é cerca de 70% inferior à registrada no período anterior à pandemia de coronavírus (covid-19)", informou em nota.

A empresa disse também que "situações de sobrecarga de passageiros podem ocorrer pontualmente em algumas linhas e são explicadas por diversos motivos, como lentidões de trânsito que geram atrasos em parte das viagens, causando reflexos na operação das linhas".

A Emdec afirmou ainda que "acompanha, diariamente, o carregamento de passageiros do sistema de transporte público. Os ajustes necessários são realizados continuamente, de forma a equilibrar a oferta de veículos e a demanda atual de passageiros. O monitoramento será intensificado na linha mencionada".

Por fim, a empresa disse que "mesmo com a entrada do município na 'fase verde' do Plano de Retomada das Atividades, o número de usuários utilizando o sistema de transporte público equivale à metade do registrado no período anterior à pandemia".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários