Festa com aglomeração registrada em bar no início de dezembro.
Reprodução
Festa com aglomeração registrada em bar no início de dezembro.


O prefeito de Campinas , Jonas Donizette (PSB), anunciou nesta sexta-feira (18) uma medida que determina perda de alvará por três meses para estabelecimentos, como bares e casas noturnas , que permitirem aglomeração, o que tem acontecido com frequência na cidade. O decreto que oficializa a decisão será publicado na segunda-feira (21).

"A Guarda tem me reportado muita festa de jovem, muita aglomeração, balada. Alguma situação anormal e muito abusiva? Vai fechar por três meses o estabelecimento. Vai perder o alvará por três meses. Vai lacrar, fechar e permanecer fechado por três meses. Eu não gostaria que isso acontecesse. Você que tem um bar, uma boate que junta jovens, não permita aglomeração" disse Jonas.

Os relatos da Guarda Municipal citados pelo prefeito vão de encontro com dados exibidos pelo secretário de Saúde, Carmino de Souza, durante transmissão ao vivo realizada nesta manhã. Carmino mostrou que, hoje, 83% casos sintomáticos de Covid-19 se concentra nas faixas de idade abaixo de 60 anos.

Você viu?


A maior concentração está justamente nas faixas que costumam frenquentar ambientes como bares e casas noturnas: pessoas de 20 a 39 anos, que correspondem a 41,6% dos casos. Apesar disso, a taxa de internação e mortes ainda é maior para pessoas com mais de 60.

"O que nós estamos colocando aqui é algo para que os jovens pensem na sua responsabilidade. Eles não estão isentos de se infectar, nem de adoecer, aqui eles estão doentes, têm sintomas de covid. E eles pode ser grandes transmissores para os seus pais, avós, tios, contactantes idosos. Essa população é a que morre", comentou Carmino.

Segundo dados atualizados nesta sexta-feira (18), 1.423 pessoas já morreram vítimas da Covid-19 em Campinas. O número total de casos confirmados é de 47.309, mas45.260 pessoas já estão recuperadas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários