ACidade ON

Me  presa acusada de prostituir filhas de 8 e 13 anos
Reprodução: ACidade ON
Me presa acusada de prostituir filhas de 8 e 13 anos

Uma mulher foi presa, na tarde desta terça-feira (22), acusada de prostituir as duas filhas , uma de 8 e outra de 13 anos, em Vinhedo. De acordo com a PM (Polícia Militar) , que atendeu a ocorrência, a mulher usava um parque localizado na Avenida Brasil como "ponto de prostituição" das filhas. A Polícia Civil de Vinhedo abriu inquérito para investigar o caso. 

Segundo os agentes da PM, eles receberam uma denúncia na tarde de ontem de que uma mulher estaria prostituindo as filhas para conseguir dinheiro. A denúncia dizia ainda que uma das meninas tinha sido levada por um homem em um carro, enquanto a mãe e a outra filha esperavam em um parque do Jardim Brasil. 

Ao chegarem ao local indicado, os policiais encontraram a mulher e a menina de 8 anos. Questionada sobre o paradeiro da outra filha, a mãe disse que ela havia saído com um amigo e que não sabia para onde eles teriam ido. 

Neste momento, duas testemunhas que trabalham em uma loja em frente ao parque relataram aos policiais que há meses a mãe vem levando as filhas até o local e que todos os dias ela entregava a mais velha a um homem.  

As testemunhas relataram também que tais passeios costumavam ter duração de horas, e que já presenciaram o homem e a menor se beijando no parque. 

Você viu?

Diante dessas informações, os policiais ficaram de tocaia até a chegada do suspeito. Ao estacionar no parque, ele resistiu em abrir o carro aos PMs. Após abordagem no veículo, os agentes encontram uma cartela de estimulante sexual vazia.  


Questionado, o homem de 59 anos negou que tenha tido relação sexual com a menina e que a levava para a casa dele apenas para conversar. 

Enquanto os policias acompanhavam o homem até a residência dele para pegar suas documentações, o mesmo confessou que já tinha sido acusado de estuprar a enteada de 12 anos e que, na época, havia fugido para a Bahia. 

IRMÃ CHORAVA E PEDIA PARA NÃO VOLTAR 

Em depoimento, a menina de 8 anos contou que o homem levava a irmã mais velha para a casa dele quase todos os dias e tirava fotos. O suspeito dava presentes e dinheiros pelos passeios. 

A menor ainda relatou que tinha vezes que a irmã voltava chorando e dizia que não queria mais sair com o homem.
Já a menina de 13 anos confirmou que mantinha relações sexuais com o homem quase todos os dias há um ano, sem uso de qualquer preservativo. Ela relatou também que recebia uma marmita para comer, enquanto a mãe recebia dinheiro.  

PRESOS 

O homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável e levado para a cadeia de Campinas. O celular dele, onde ele tinha salvo o contato da vítima como "amor", foi apreendido. 

Já a mãe foi encaminhada ao presídio feminino em Itupeva, por favorecimento ao crime de prostituição de menores. 

A vítima, a filha de 13 anos, foi encaminhada ao IML para a realização do corpo de delito. Ambas as meninas estão sob custódia do Conselho Tutelar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários