ACidade ON

Vlei Renata encerra 2020 com vitria no Ginsio do Taquaral
Reprodução: ACidade ON
Vlei Renata encerra 2020 com vitria no Ginsio do Taquaral

O Vôlei Renata encerra este ano de 2020 com chave de ouro. Na noite dessa terça-feira (22), o time campineiro derrotou o Montes Claros América Vôlei , por 3 a 2 (23/25; 25/20; 15/25; 25/17 e 15/11), de virada, no Ginásio do Taquaral, em Campinas, na abertura do returno da Superliga Banco do Brasil

Com o resultado dessa terça, os comandados do técnico Horácio Dileo alcançaram a marca de cinco vitórias seguidas, inédita em 2020. O Vôlei Renata segue na terceira posição da Superliga Banco do Brasil, com 29 pontos.  

O levantador Demian González foi eleito o melhor da partida e faturou o troféu Viva/Vôlei. Vaccari foi o maior pontuador com 21 acertos, seguido de Temponi, com 17.

"Foi um jogo difícil. Montes Claros jogou muito bem, fez uma grande partida, anulou algumas estratégias nossas, mas não queríamos encerrar 2020, que foi um ano bom pra gente, da maneira como nos apresentamos no terceiro set, em que oscilamos bastante. A partir do quarto set, nos recuperamos e lutamos até o final para conquistarmos a vitória", comenta González, capitão do Vôlei Renata.  

Você viu?

O JOGO

O Vôlei Renata mostrou sua cara logo no começo do primeiro set e saltou na frente do placar em sequência defensiva. Primeiro, Temponi fechou o ataque adversário, em bloqueio simples, em seguida, Vissotto rodou contra-ataque (6 a 5). Após block de Michel, os donos da casa ampliaram (11 a 7). Mesmo com os mineiros crescendo na partida, o time campineiro seguiu mandando no duelo, com destaque para os ponteiros.

Enquanto Temponi se destacava na virada de bola, Vaccari segurava no bloqueio (19 a 17). O América, contudo, cresceu na defesa e passou a frear o ataque dos mandantes, equilibrando a parcial. Na reta final, os paulistas pressionaram, mas os visitantes fecharam: 25 a 23.



Vaccari começou o segundo set mostrando força no saque e, após dois aces seguidos, colocou o Vôlei Renata em vantagem (5 a 1). Montes Claros chegou a encostar no placar, mas os donos da casa logo retomaram o controle do duelo em bloqueio de Barreto (12 a 10).

Com consistência no sistema de jogo, os comandados do técnico Horácio Dileo conduziram bem a parcial, contra-atacando quando a oportunidade apareceu (16 a 13) e bloqueando em momentos decisivos, com Michel (18 a 15). Os campineiros conseguiram encaixar boa sequência de saque, rodaram dois contra-ataques seguidos com Michel e Angellus, e empataram o duelo em bloqueio de Temponi: 25 a 20.

No terceiro set, o time campineiro não conseguiu encaixar seu jogo e viu Montes Claros dominar do começo ao fim, levando por 25 a 15. A partir da quarta parcial, o Vôlei Renata acalmou os ânimos e entrou na partida. Os donos da casa abriram vantagem logo no começo em bloqueio de Barreto (8 a 6). Com a defesa funcionando, Vaccari e Vissotto trataram de colocar a bola no chão, em contra-ataques seguidos, para ampliar a diferença (12 a 8). Os comandados do técnico Horácio Dileo não relaxaram e seguiram em alta rotação no ataque, principalmente, com o bom desempenho de Temponi. Desta forma, a equipe de Campinas não teve trabalho para levar o quarto set, por 25 a 17, após bloqueio de Michel, e forçar o tiebreak. 


Vissotto começou a parcial decisiva com lindo bloqueio para colocar o ânimo dos campineiros lá em cima. Contagiado pelo início e pelo bom desempenho dos ponteiros no ataque, o Vôlei Renata logo saltou na frente (7 a 4). Montes Claros chegou a encostar no placar (8 a 8), mas o time da casa manteve a cabeça no lugar, conseguiu amortecer os ataques adversário e aproveitou as oportunidades no contra-ataque. Vissotto, do fundo, explorou bem o bloqueio para garantir a liderança (13 a 10). Em erro de ataque de Montes Claros, os donos do Taquaral fizeram 15 a 11 e fecharam o jogo por 3 a 2.  

2021 

O Vôlei Renata ganha um descanso e volta a jogar apenas em 2021. O adversário será o Pacaembu Ribeirão, no dia 9 de janeiro, às 17 horas, na Cava do Bosque, em Ribeirão Preto. O primeiro jogo no Ginásio do Taquaral será pelas quartas-de-final da Copa Brasil contra o Vôlei Um/Itapetininga, ainda na primeira metade de janeiro. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários