ACidade ON

Fora de casa, Ponte sofre virada diante do Juventude
Reprodução: ACidade ON
Fora de casa, Ponte sofre virada diante do Juventude


A Ponte Preta tomou uma virada e perdeu para o Juventude-RS por 2 a 1 nesta quarta-feira (30), no estádio Alfredo Jaconi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B .

Com o resultado, a equipe gaúcha assumiu a terceira colocação, com 52 pontos, enquanto a Ponte se manteve na sétima posição, com 46 pontos. A Ponte Preta agora se prepara para o Dérbi diante do Guarani, na próxima terça-feira (5), às 19h15, no Brinco de Ouro, enquanto o Juventude-RS visita o Cuiabá na Arena Pantanal, no mesmo dia, às 21h30.

Você viu?

O JOGO

Apesar de jogar fora de casa, a Ponte Preta começou melhor o duelo diante do Juventude. A primeira chance da partida foi justamente da equipe de Campinas, com o zagueiro Luizão, que acabou cabeceando torto após boa cobrança de falta de Camilo na área.

O confronto ficou disputado no meio de campo e as equipes pouco criavam durante quase todo o primeiro tempo. As oportunidades surgiram na reta final da etapa inicial. Aos 37 minutos, Camilo cobrou falta de longe e assustou o goleiro Marcelo Carné.

A equipe da casa levou perigo pela primeira vez apenas aos 41 minutos, quando Rogério recebeu em profundidade e, já sem ângulo, arriscou para boa defesa de Ygor Vinhas. Aos 49, Capixaba foi acionado na área e tentou de letra, mas mandou para fora.



O Juventude voltou melhor do intervalo e criou chegou duas vezes ao ataque logo no início do segundo tempo. Apesar disso, a Ponte Preta foi quem abriu o placar. Camilo cobrou escanteio, Bruno Rodrigues bateu com desvio na zaga e a bola sobrou para Barreto completar para o gol.

Um minuto mais tarde, Rogério recebeu bola alta na entrada da área, arriscou a bicicleta e fez um golaço para empatar para o Juventude. A partida ficou corrida a partir disso, com possibilidades para os dois lados.

Aos 31 minutos, Éverton recebeu na esquerda e encontrou Rafael Grampola livre na área. O atacante cabeceou em cima de Ygor Vinhas, que não conseguiu fazer a defesa e entrou com bola e tudo. A Ponte Preta partiu em busca do empate e chegou perto aos 42, com Moisés pegando de primeira e levando perigo. Os gaúchos se fecharam na defesa e conseguiram sacramentar a virada. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários