ACidade ON

Fiscalização nas ruas de Campinas. (Foto ilustrativa)
Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas
Fiscalização nas ruas de Campinas. (Foto ilustrativa)

O Departamento de Vigilância em Saúde , com apoio da Guarda Municipal , interditou uma loja e atuou seis estabelecimentos durante fiscalização nesse final de semana, em Campinas. Ao todo, os fiscais estiveram em 41 estabelecimentos entre sábado (6) e domingo (7).

No sábado, a ação resultou em seis autuações por falta de máscara, pelo não cumprimento do horário de fechamento e por servirem bebida alcoólica após às 20h - o que é proibido pelo Plano São Paulo. Lembrando que Campinas está na fase amarela desde sexta-feira. 

Você viu?

Os fiscais estiveram em 21 estabelecimentos, entre bares, restaurantes, hortifrutis e padarias nos bairros Jd. Proença, Vila Joaquim Inácio, Jd. Santa Eudóxia, São Vicente e Centro. As inspeções incluíram as denúncias realizadas pelos moradores da cidade.

Já no domingo, a ação foi em um shopping resultou na interdição de uma loja de brinquedos. Neste centro de compras, foram vistoriados 20 estabelecimentos, inclusive restaurantes da praça de alimentação, lojas e o próprio shopping, que recebeu várias denúncias da população por meio do sistema de denúncia do governo do Estado.

Segunda a Administração, os estabelecimentos que não seguirem as orientações de segurança contra o novo coronavírus recebem multa no valor de R$1.515,44 e a multa dobra em caso de reincidência.

A Prefeitura de Campinas informou também que possui um canal de comunicação para denúncias, o sistema 156, para situações que contrariem medidas de contenção da covid 19.

AS REGRAS

Segundo a Vigilância, durante a fiscalização, os itens verificados quanto ao protocolo de segurança de covid-19 são: se os estabelecimentos respeitam o horário de funcionamento, conforme a fase do Plano São Paulo; o controle de fluxo de pessoas; disponibilização de álcool em gel para clientes e funcionários; espaçamento de mesas no caso dos bares e restaurantes; e demarcação de filas em caso de comércio; respeito ao horário estabelecido para encerramento das atividades. 


É avaliado ainda o respeito à capacidade de atendimento referente à respectiva fase do Plano SP; respeito ao distanciamento entre pessoas de forma a evitar aglomeração; uso de máscaras de proteção; e colocação em local visível da Declaração de Estabelecimento Responsável.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários