ACidade ON

Campineiros desaparecidos após deixar carta de
Reprodução: ACidade ON
Campineiros desaparecidos após deixar carta de "missão" são encontrados

Cinco adolescentes, sendo dois de Campinas e três de Mauá , foram encontrados em São Bernardo do Campo após desapareceram na madrugada de segunda-feira (8). Os jovens, com idade entre 14 e 16 anos, saíram de casa sem avisar os pais e deixaram cartas dizendo que estavam em uma "missão em nome do nosso Senhor".

O grupo foi localizado na noite de terça-feira (9), na Rodovia Anchieta (SP-150). Os adolescentes de Campinas têm 15 e 16 anos e foram vistos com os amigos por uma equipe da PM Rodoviária. A corporação foi acionada porque os meninos apresentaram atitude suspeita na rodovia.

Você viu?

Ao serem abordados, os adolescentes informaram aos PMs que estavam no local para acampar e que retornariam para casa na sequência. Quatro celulares foram apreendidos para perícia. No entanto, segundo a mãe de um dos jovens de Mauá, os adolescentes não pretendiam voltar para casa. 

A CARTA

"A carta tinha mensagens desconexas, falava em Cristo, em 'nosso mestre'. Colocaram também que eles fariam 'missões' na Argentina, Chile, Japão. Mas depois o meu filho contou que eram informações para despistar a polícia", disse ela.

Ainda segundo a mãe, o "líder" do plano era um dos adolescentes de Campinas, que faria uma suposta pressão psicológica para que o grupo fizesse a viagem. "Eles se conheceram na internet há três anos e o mais velho, de Campinas, convenceu todo mundo que era o momento de sair para 'pregar'. Ele dizia que já 'estava tarde' e que era preciso fazer isso com urgência", afirmou.


No boletim de ocorrência, consta a informação que os meninos de Campinas tinham sido batizados há cerca de um mês em uma igreja cristã. Um deles, inclusive, chegou a avisar a mãe há uma semana que iria sair de casa para "pregar a palavra de Deus". A mãe, no entanto, achou que era brincadeira do filho.

Depois de serem encontrados, os adolescentes foram encaminhados ao 3º DP de São Bernardo do Campo, onde o caso foi registrado como encontro de pessoa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários