Mulher que desembarcou em Viracopos foi contaminada com nova variante do coronavírus.
Divulgação/Aeroporto de Viracopos
Mulher que desembarcou em Viracopos foi contaminada com nova variante do coronavírus.


A Secretaria de Saúde de Campinas comunicou, em nota oficial divulgada nesta segunda-feira (15), o registro do primeiro caso da nova variante do coronavírus  dentro da cidade. A contaminada é uma mulher de 78 anos, que veio de Manaus, cidade onde surgiram os primeiros casos da nova cepa, e desembarcou no Aeroporto de Viracopos no dia 14 de janeiro.

A idosa chegou a Campinas já com sintomas da doença. Por isso, saiu direto do aeroporto para uma unidade de saúde, antes ser internada em um hospital da rede particular. Segundo a Secretaria, a maneira como o caso foi conduzido respeitou os protocolos de segurança.

“Todas as medidas de controle epidemiológico foram tomadas e não há registro de que esta paciente tenha transmitido o vírus a outras pessoas em Campinas. O caso foi identificado imediatamente pelas autoridades de saúde do Aeroporto de Viracopos e os passageiros que estavam próximos a ela, assim como suas duas filhas, foram monitorados”, diz a pasta.

Você viu?

A mulher teve alta no dia 25 de janeiro e deixou a cidade assim que foi liberada pelo hospital. O resultado do exame que confirmou o diagnóstico da variante do coronavírus, no entanto, saiu apenas durante este final de semana.


Ao fim da nota, a Secretaria diz que o sistema de vigilância epidemiológica está atento para identificação desta variante em casos de pacientes residentes em Campinas.

Até agora, a cidade já registrou 1.760 mortes por Covid-19, dez delas confirmadas em boletim divulgado nesta segunda-feira. O total de casos confirmados está em 65.654.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários