ACidade ON

Campinas fará parte de consórcio de cidades para compra de vacinas
Reprodução: ACidade ON
Campinas fará parte de consórcio de cidades para compra de vacinas

A Prefeitura de Campinas afirmou nesta quinta-feira (25) que participará do consórcio de cidades do Brasil que quer comprar e aplicar vacinas contra a Covid-19 . Essa negociação foi anunciada pela FNP (Frente Nacional de Prefeitos), cujo presidente é o ex-prefeito de Campinas Jonas Donizette (PSB). 

O atual prefeito Dário Saadi (Republicanos) conversou ontem de manhã com Jonas e confirmou a participação da metrópole. Ontem, Jonas disse que negocia diretamente com farmacêuticas a compra de doses contra a covid-19 para os municípios. 

A ideia é reforçar o PNI (Plano Nacional de Imunização) do governo brasileiro. No entanto, não há ainda acordo formalizados nem uma data prevista para que isso aconteça. Inclusive, a Pfizer negou qualquer negociação com prefeituras e governos estaduais. A farmacêutica responsável pela Sputnik não respondeu o pedido da reportagem. 

"A vacinação da população é urgente e temos que fazer tudo que estiver ao nosso alcance para disponibilizar a vacina. Se a cidade tiver de comprar, vamos comprar, com recursos do orçamento da Secretaria de Saúde", disse Dário. 

Você viu?

POSSIBILIDADE 

A possibilidade de compra de vacinas por parte dos municípios e estados foi autorizada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) nesta semana. A decisão foi proferida em uma ação protocolada pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). 

A medida foi autorizada apenas em caso de descumprimento do Plano Nacional de Vacinação pelo governo federal ou de insuficiência de doses previstas para imunizar a população. 


A liberação também vale para os casos em que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não conceda autorização em 72 horas para uso de imunizantes aprovados por agências reguladoras de outros países.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários