ACidade ON

Perto do colapso, Campinas vai aumentar UTI-Covid em 15 dias
Reprodução: ACidade ON
Perto do colapso, Campinas vai aumentar UTI-Covid em 15 dias

Perto do colapso por conta do aumento de internações por Covid-19 , a Prefeitura de Campinas decidiu aumentar o número de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) exclusivo para coronavírus em 15 dias. O anúncio foi feito pela Administração em live oficial, junto com a adoção da fase vermelha por duas semanas na cidade.

Segundo o presidente da Rede Mário Gatti, Sergio Bisogni, a previsão é aumentar de 65 leitos de UTI para covid no SUS municipal para 99 em 15 dias. No total, contando leitos de enfermaria e também de observação, a cidade passará a ter 286 unidades para covid. Hoje são 173.

Essa ampliação também contará com a implantação emergencial de uso do Hospital Metropolitano, com 14 leitos de UTI e 32 leitos de enfermaria. Hoje, a Prefeitura pediu a requisição administrativa para a utilização da unidade para enfrentar a pandemia de coronavírus. Após o anúncio, a nova gestão da unidade afirmou que vai recorrer da decisão através de uma ação judicial.

HOSPITAL METROPOLITANO 

Sobre a situação, o secretário de Assuntos Jurídicos, Peter Panutto, afirmou que o instrumento legal usado é correto e que o hospital pode, de fato, recorrer do pedido, mas que a Prefeitura está segura da decisão tomada. "Não vislumbro nenhuma possibilidade de reversão disso", afirmou.

Ele disse ainda que por conta da recuperação judicial que o hospital passa, a Prefeitura não viu possibilidade de contratar leitos diretamente. Além disso, o grupo anterior - que já havia sido feito uma contratação de leitos no ano passado - foi substituído por um novo, o qual a Administração não tem contato. Inclusive, a contratação em 2020 foi questionada pelos ministérios públicos Estadual e Federal, além de um ofício da Polícia Federal.

Você viu?

"Não havia nenhuma possibilidade jurídica dessa contratação. O ato que foi feito é totalmente amparado pela Constituição Federal. Os leitos estavam lá, montados, com aparelhagem, sem nenhuma utilidade. A Rede Mário Gatti vai fazer a gestão do espaço, vai colocar os recursos humanos para atender a população. A prioridade aqui é o interesse público", disse Panuto.

Pela manhã, a Administração foi ao local, com a GM (Guarda Municipal), para ocupar o prédio. Em nota, a nova direção do hospital citou a posse como "invasão" e disse que a medida "fere o direito à propriedade privada e gera transtornos ainda maiores à população de Campinas".

Sobre a situação, o prefeito disse que a requisição foi feita por que a rede privada também está sobrecarregada. "Me perguntaram porque não compramos leitos privados ao invés de fazer a requisição do Hospital Metropolitano. Simplesmente por que não tem. Só por isso. Não tem mais leito privado em oferta na cidade de Campinas. Tivemos que tomar essa decisão por conta da escassez de leito privado", afirmou.

MUDANÇA

Sobre a mudança, Bisogni disse que o total de leitos abertos para covid será o maior que Campinas já teve durante todo a pandemia. "Estamos nos 'digladiando' para manter os leitos não covid em ação, com a manutenção de 18 leitos não covid no Mário Gatti. É um esforço para que a cidade suplante essa delicadíssima fase que esta passando", disse.


O prefeito Dário Saadi (Republicanos) afirmou que espera que esse seja o último esforço feito, tanto da adoção da fase vermelha e também da abertura de leitos. "Pode ser o último até que a vacina faça efeito na população que á mais atingida, que são os idosos acima de 60 e profissionais de saúde", disse.

"A pandemia completou um ano há poucos dias. Um período que a população está cansada e os profissionais de saúde, esgotados. (...) Pedimos a compreensão da necessidade da fase mais restritiva", disse ele.

OS LEITOS

HOJE 

- 65 leitos de UTI

- 92 leitos de Enfermaria

- 16 leitos de observação

EM CINCO DIAS

- 79 leitos de UTI

- 116 leitos de enfermaria

- 29 leitos de observação

EM QUINZE DIAS

- 99 leitos de UTI

- 158 leitos de enfermaria

- 29 leitos de observação

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários