HC da Unicamp mantém suspensão de atendimentos por mais 24 horas
Reprodução: ACidade ON
HC da Unicamp mantém suspensão de atendimentos por mais 24 horas

Você viu?

O HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) manteve a suspensão, por mais 24 horas, de todos os atendimentos em Campinas e as cirurgias eletiva s realizadas no local. A medida foi tomada na terça-feira (9) e renovada hoje. 

O motivo é que os leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) exclusivos para tratamento de covid-19 seguem com ocupação de 100% hoje. A previsão também é abrir mais 18 leitos de enfermaria de covid-19 até sexta-feira.

De acordo com o hospital, estão suspensos também os encaminhamentos feitos pelo Samu, Resgate do Corpo de Bombeiros e pela Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), do Estado de São Paulo.

No HC, são 30 leitos complexos para pacientes de covid-19 e não há leitos livres para novos pacientes de coronavírus.

"Com essa suspensão de procedimentos eletivos, muitos pacientes deixaram de ser internados eletivamente e isso possibilitou a mobilização, ou seja, a movimentação de pacientes que estavam no PS para serem internados. Então os pacientes que estavam aguardando internação de enfermaria, por exemplo, puderam ser internados", afirmou o superintendente do HC, Antônio Gonçalves de Oliveira Filho.



Segundo o boletim de saúde divulgado pela Prefeitura, a cidade registrou mais 638 casos da doença de ontem para hoje e registrou mais 12 mortos , chegou ao total de 1.975 mortes por covid-19 desde o início da pandemia no Brasil, em março do ano passado.

"Os pacientes que tiverem capacidades de ter alta da UTI, eles teriam que ir para enfermaria, não podem ir para casa direto. Nós estamos trabalhando com toda a equipe interna, a reitoria também está propiciando a possibilidade de contratação de pessoal para que a gente consiga abrir novos leitos de enfermaria, então a proposta é abrir 18 leitos até sexta-feira", continuou.

Além disso, a cidade também abriu mais seis leitos na rede privada, mas mesmo assim a taxa de ocupação de leitos UTI-Covid aumentou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários