Covid-19: fila de espera por leitos tem aumento de 63% em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Covid-19: fila de espera por leitos tem aumento de 63% em Campinas

A Secretaria de Saúde de Campinas confirmou um aumento de 63% na fila de espera de pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19 que precisam de leitos de enfermaria ou UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo com a pasta, hoje 163 pessoas estão sem leitos - o último dado indicava uma fila de espera de 100 pacientes.

A Prefeitura informou que destes 163, 94 pessoas aguardam na lista de espera por uma vaga na UTI-Covid. Outros 69 pacientes precisam de uma vaga em leito de enfermaria. 

Hoje a Administração informou que o Hospital Ouro Verde passará a atender exclusivamente pacientes com covid-19 em seus leitos de UTI e de enfermaria.

OCUPAÇÃO

A rede privada de Campinas fechou cinco leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nesta quinta-feira. Apesar disso, a ocupação se manteve estável e o SUS voltou a ter um leito disponível.

Você viu?

No balanço de ontem, a rede privada contava com 228 leitos de UTI-Covid, sendo que 210 estavam ocupados. Hoje este número caiu para 223, mas a ocupação está em 206, o que equivale a 92,4%.


No total, a cidade conta com 403 leitos de UTI-Covid nas redes pública e particular. Deste total, 385 estão ocupados, o que corresponde a 95,53%. Há 18 leitos livres nas redes pública e particular.

Os leitos estão divididos da seguinte forma:

SUS Municipal: 140 leitos, dos quais 140 estão ocupados, o que equivale a 100%. Não há leito livre.

SUS Estadual: 40 leitos, dos quais 39 estão ocupados, o que corresponde a 97,5%. Há um leito disponível.

Particular: 223 leitos, dos quais 206 estão ocupados, o que equivale a 92,4%. Há 17 leitos aptos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários