Covid-19: Hortolândia terá lockdown no domingo
Reprodução: ACidade ON
Covid-19: Hortolândia terá lockdown no domingo

A Prefeitura de Hortolândia decretou no domingo (28) um lockdown de 16 horas para conter o avanço da Covid-19 na cidade. Segundo a Administração, a suspensão dos serviços - incluindo alguns essenciais - será de 13h de domingo até 5h de segunda-feira (29). Na RMC (Região Metropolitana de Campinas), Hortolândia é a primeira cidade a adotar a medida mais severa da quarentena.

Os atendimentos presenciais em supermercados, restaurantes e padarias estarão suspensos no período no município. A exceção fica por conta de farmácias, hospitais, clínicas, laboratórios, casas de saúde, prontos-socorros, ambulatórios e indústrias. Já o sistema "delivery" (entrega) está permitido.

O decreto que regulamenta o lockdown em Hortolândia foi publicado ontem (25) e, de acordo com a Administração, ele "segue as novas medidas emergenciais recém-anunciadas pelo Governo do Estado, válidas até o dia 30 deste mês". Essa medida é a fase emergencial decretado pelo governo Doria, iniciada no dia 15 de março.

Você viu?

Ainda de acordo com a Prefeitura, as medidas ampliam as restrições já vigentes, "em decorrência do grande aumento do número de casos da doença e da escassez de vagas em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva), nos hospitais públicos e privados do Estado".

MAIS RESTRIÇÕES E MULTA

Durante a tarde e noite de domingo, a Prefeitura informou também que serão permitidas transações comerciais por meio de aplicativos, internet, telefone ou outros instrumentos similares, exclusivamente no sistema de "delivery" (entrega).


Ficarão proibidos os serviços de retirada dos produtos ou mercadorias na porta dos estabelecimentos, por "drive-thru" (retirada por veículo) ou "walk-thru" (retirada presencial, a pé), exceto nas atividades de saúde liberadas pelo decreto.

A Prefeitura informou que "todos os que desrespeitarem a nova medida estão sujeitos à multa, prevista no artigo 112 do Código Sanitário do Estado de São Paulo". O valor pode variar entre 10 a 10 mil UFesp. Com isso, a multa pode ser de R$ 290 a R$ 290 mil. A fiscalização é feita pela Guarda Municipal de Hortolândia com apoio da Polícia Militar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários