Campinas libera drive-thru para comércio e retirada em restaurantes e bares
Reprodução: ACidade ON
Campinas libera drive-thru para comércio e retirada em restaurantes e bares

A Prefeitura de Campinas anunciou nesta terça-feira (6) que irá liberar novamente, a partir de amanhã (7), o drive-thru para o comércio em geral e a retirada de pedidos na porta de restaurantes e bares da cidade. A medida de relaxamento da quarentena contra a Covid-19 foi anunciada em live pelo prefeito Dário Saadi (Republicanos), que também confirmou um novo recorde de mortes por covid-19 anunciadas em 24 horas na cidade - foram 69 mortes (leia mais aqui). 

Segundo o secretário de Justiça de Campinas, Peter Panuto, o decreto com as liberações será publicado na edição de quarta-feira do Diário Oficial do município. O drive-thru para o comércio em geral estava proibido desde o dia 26 de março. O endurecimento ocorreu devido à alta de internações de covid-19 e colapso da rede de saúde. 

Com isso, somente serviços alimentícios podiam usar o drive-thru para vender os produtos. Já, a retirada de alimentos em restaurantes e bares estava proibida desde o começo da fase emergencial, no dia 15 de março. Esse segmento só podia vender por meio de delivery ou drive-thru esse último até 20h. 

"As alterações são relativamente simples. A partir de amanhã o drive-thru retoma para outras atividades comerciais, que é muito comum em lojas de materiais de construção, por exemplo", explicou Panuto. Ele afirmou ainda que a autorização para retirada em bares e restaurantes será válida apenas para o lado de fora do estabelecimento. 

Você viu?

"O decreto veta a retirada do lado de dentro (do estabelecimento). A entrega internamente está proibida", disse.

OUTRA MEDIDAS 

Ainda na fase emergencial - até o dia 11 de abril - Campinas tem adotado uma série de medidas de restrição para diminuir a circulação do coronavírus. Entre elas está o toque de recolher entre 20h e 5h. Nesse período, só é permitida a circulação de pessoas que comprovem atuar em atividades essenciais, como hospitais e farmácias.


Ficam fechados nesses horários supermercados, padarias e lojas de conveniências nos postos de gasolinas. Podem continuar funcionando farmácias, postos de gasolinas, serviços de delivery (agora até o horário de funcionamento regular), além de hotéis e pousadas.

Além disso, barreiras sanitárias foram feitas pela Guarda Municipal, com apoio da Polícia Militar, para evitar a entrada de turistas durante o feriadão na capital. O feriado prolongado foi descartado em Campinas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários