Após quase um mês, Ponte volta a campo nesta quinta
Reprodução: ACidade ON
Após quase um mês, Ponte volta a campo nesta quinta

Após quase um mês sem entrar em campo, em virtude da paralisação do Paulista (o último jogo foi em 13 de março contra o Botafogo), a Ponte Preta enfrentará na noite desta quinta-feira (8) o Criciúma , em um jogo no qual o vencedor seguirá pra a terceira etapa da Copa do Brasil , eliminando o adversário.

E, se por um lado o oponente está em um momento ruim, sem vencer há 17 jogos, por outro a Macaca está sem ritmo. Na opinião do técnico Fábio Moreno, o primeiro fato não deve levar a Ponte a subestimar o Criciúma, já o segundo deve ser superado pelo empenho alvinegro.

Você viu?

"A gente sofreu uma série de dificuldades, mas tivemos período bom de preparação, apesar de não termos contado com todos os jogadores o tempo todo, pois muitos estavam se recuperando da Covid19, então tivemos que fazer ajuste para todos chegarem na melhor condição possível. Realmente estamos sem ritmo de jogo, mas treinando muito forte, intensamente, e com atividades semelhantes a situações de jogo. É um desafio contra um adversário que está com dificuldades no estadual e por isso mesmo deve jogar todas as fichas nesse jogo. Acredito, porém, na nossa preparação: treinamos bastante, com muita qualidade, e vamos muito confiantes em busca da classificação", afirma o treinador.


Moreno enfatiza que o Criciúma não deve em hipótese alguma ser subestimado por estar passando por um mau momento.

"Não vamos cair nessa armadilha. Respeitamos o adversário, que tem representatividade nacional e joga em casa. Estudamos a equipe deles e sabemos que eles passam por dificuldade, mas isso não quer dizer que vai ser uma partida mais fácil, muito pelo contrário. Já passamos por momentos delicados aqui também e neles a gente emprega ainda mais força e intensidade para reverter a situação. Com certeza é o que está passando no vestiário deles: jogar tudo nesta partida pra se classificar e mudar cenário no estadual. Então temos que estar atentos, sabemos do potencial deles, mas acreditamos muito nos nossos atletas, na nossa preparação", pontuou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários