Câmara de Campinas quer pressionar Dário para usar kit covid
Reprodução: ACidade ON
Câmara de Campinas quer pressionar Dário para usar kit covid

A Câmara de Campinas vai realizar um debate público , a partir das 13h30 desta quinta-feira (15) com o prefeito de Chapecó (SC), João Rodrigues (PSD), que é entusiasta do tratamento precoce da Covid-19 por meio do chamado kit covid . O presidente da Casa de Leis de Campinas afirmou que pretende levar a demanda ao prefeito Dário Saadi (Republicanos) com o intuito de promover o grupo de medicamentos - que não tem a eficácia comprovada contra o vírus e que ele chamou de acolhimento precoce em Campinas.

O prefeito de Chapecó ficou conhecido nacionalmente ao relacionar o tratamento precoce com a queda de casos da doença na cidade, mas omitiu diversas ações locais tomadas em sua cidade, como um lockdown parcial.

"A Ciência diz que o remédio é a vacina, mas não temos vacina. Temos vistos que municípios fizeram isso e deu certo. Esse acolhimento precoce. Como está dando certo em outras cidades, vamos ver se podemos aplicar aqui. Eu tive covid e tomei esses remédios e estou aqui vivo, sem complicações", afirmou Zé Carlos.

O kit covid é um grupo de medicamentos fornecidos pelo Governo Federal à estados e municípios. Entre eles, estão cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina e ivermectina. Estudo liderado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em 30 países já afirmou a ineficácia das drogas contra a covdi-19. Contudo, os remédios são prescritos por uma parcela de médicos e recomendados pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"O médico tem que ter liberdade para escolher. A intenção, depois, é levar para o prefeito. Se ele não aceitar, vamos ver como faz. Um grupo de médicos, por exemplo, a favor desse acolhimento precoce", continuou Zé Carlos.

Você viu?

O prefeito de Campinas já informou que a cidade não vai usar do kit covid na rede pública de saúde.  No mês passado o secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambon, reafirmou que o kit covid não tem eficácia comprovada. "É um assunto polêmico, mas só no Brasil. Essa conversa não existe no mundo. Porque não funciona. Mais de 80 entidades médicas vetaram o kit covid. E o próprio fabricante (da ivermectina) falou que não funciona", disse ele.

SEM COMPROVAÇÃO

O tratamento precoce envolve remédios como a ivermectina, a hidroxicloroquina e a azitromicina e não tem a eficácia comprovada contra o coronavírus. Inclusive, a farmacêutica norte-americana MSD (Merck Sharp and Dohme), que produz a ivermectina, afirmou que ainda não há evidências de que o medicamento traga benefícios ou seja eficaz no tratamento da covid-19.

"Estamos chamando os prefeitos para explicarem o que fizeram. Ninguém está discutindo ciência. A ciência diz que o remédio é vacina, mas a vacina não tem para todo mundo", disse o presidente da Câmara.

Em março o HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp confirmou que um paciente de cerca de 50 anos teve hepatite medicamentosa por conta do uso dos remédios do kit. Além do homem atendido em Campinas desde o final de janeiro, transferido da capital, outras quatro pessoas também foram atendidas em São Paulo e levadas à fila de transplante de fígado após usarem o kit covid.


QUEM VAI PARTICIPAR

Além do prefeito de Chapecó, vão participar do encontro Walter José Lessa, prefeito de São Lourenço; José Mauro Pinto de Castro Filho; secretário municipal de saúde de Campo Grande. Também foram convidados Dario Saadi, prefeito de Campinas; Antônio Cássio Habice Prado, prefeito de Porto Feliz; Jânio Natal Andrade Borges, prefeito de Porto Seguro; além de Mauro Luiz de Britto, presidente do Conselho Federal de Medicina, entre outras autoridades.

A reunião será transmitida ao vivo pela TV Câmara Campinas, por meio do sinal digital 11,3, do canal 4 da Net e do canal 9 da Vivo Fibra, com retransmissão simultânea nas redes sociais do Legislativo. A população poderá participar pelo link disponível no portal , pelo email comunicaçã[email protected] ou pelo whatsapp número 19 9 7829.3776.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários