Toque de recolher aborda mais de 250 veículos durante a madrugada
Reprodução: ACidade ON
Toque de recolher aborda mais de 250 veículos durante a madrugada

As blitze do toque de recolher em Campinas abordaram 257 veículos e 331 pessoas foram orientadas sobre as medidas sanitárias nos bloqueios realizados entre a noite de segunda-feira (19) e a madrugada desta terça (20).

Agentes dos órgãos de fiscalização da Prefeitura estiveram em 65 estabelecimentos comerciais e, destes, três foram fechados.

Com mais de um mês de operações realizadas diariamente (entre 18 de março e 19 de abril), já foram contabilizados 13.575 veículos abordados, 21.324 pessoas orientadas sobre as medidas sanitárias e 2.778 estabelecimentos comerciais fiscalizados. Destes, 302 foram fechados e 96 lacrados.

O toque de recolher continua, conforme determinação do decreto da fase de transição, publicado no último sábado (17).

Você viu?

A ação consiste em abordar veículos e questionar os ocupantes sobre o motivo pelo qual estão na rua. As pessoas são orientadas a voltar para casa se o deslocamento não se der por uma razão emergencial ou de trabalho.

Não há multa ou punição, o objetivo da atividade é educativo e de orientação. Os bloqueios são realizados pela Guarda Municipal, que uniu esforços com as polícias militar e civil.


Além das barreiras, a Prefeitura também intensificou a fiscalização, que tem como objetivo verificar se os estabelecimentos comerciais estão cumprindo as determinações dos decretos municipais vigentes.

Os dados contemplam as fiscalizações realizadas por agentes municipais de órgãos como Vigilância Sanitária e Secretaria de Planejamento e Urbanismo.

UM MÊS

A Prefeitura de Campinas divulgou ontem o balanço do primeiro mês das ações do toque de recolher imposto para reduzir a circulação de pessoas nas ruas durante a noite com a intenção de combater a disseminação do coronavírus e as festas clandestinas.

Nos 30 dias da ação, 12.701 veículos foram abordados, 19.656 pessoas orientadas sobre as medidas sanitárias e 2.517 estabelecimentos comerciais fiscalizados. Destes, 295 foram fechados e 95 lacrados entre os dias 18 de março e 16 de abril. As ações são feitas pela Polícia Militar e Guarda Municipal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários