Restaurantes e bares voltam a atender presencialmente.
Divulgação/Abrasel
Restaurantes e bares voltam a atender presencialmente.

Campinas avançou neste sábado (24) para a segunda etapa da fase de transição do Plano São Paulo, de controle da pandemia do coronavírus e retomada econômica. A partir de agora estão autorizados o funcionamento de estabelecimentos do setor de serviços, como restaurantes e similares (lanchonetes, casas de sucos e bares com função de restaurante), salões de beleza e barbearias, além de atividades culturais, parques, clubes e academias .

Também ficam autorizadas a partir deste sábado as atividades presenciais internas nos estabelecimentos comerciais e de prestadores de serviço, e a retomada dos cursos de educação não regulada, como idiomas, artes, e informática.

Na tarde de ontem a Prefeitura informou que autorizou a reabertura das áreas comuns de condomínios e hotéis. 

O horário do retorno das atividades nessa fase de transição, entre a vermelha e laranja do Plano São Paulo, será das 11h às 19h, com exceção das academias , que poderão abrir durante oito horas no período entre 6h e 19h.  As áreas comuns de condomínios e hotéis também poderão ser realizadas entre 6h e 18h.

A fim de evitar aglomerações, a capacidade de ocupação permitida nos estabelecimentos na fase de transição será de 25%. O toque de recolher continuará em vigência em todo o estado, das 20h às 5h.

O secretário de Justiça, Peter Panutto, afirmou que é essencial que, neste momento, os estabelecimentos e a população contribuam, cumprindo as regras sanitárias como uso de máscara e álcool em gel e mantendo o distanciamento. "Esta é a última semana da Fase de Transição e para Campinas evoluir para uma fase menos restritiva é preciso que todos colaborem e que os números da pandemia melhorem", disse. 

Na semana passada ocorreu a flexibilização no setor do comércio, incluindo a permissão para que lojas de shopping centers funcionem das 11h às 19h.  

Nesse período, também foi autorizado, com restrições, cerimônias e cultos religiosos, desde que sejam seguidos rigorosamente todos os protocolos de higiene e distanciamento social.

"A fase de transição é necessária para que possamos dar passos seguros adiante sem risco de retroceder. O apoio da população neste novo momento da pandemia continua sendo fundamental. Não é hora de baixarmos a guarda", afirmou o vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia.

ÍNDICES EM QUEDA

Ontem (23), em entrevista coletiva o governo estadual anunciou uma queda de 23,6% no número de mortes por covid-19 no estado, após oito semanas consecutivas com indicadores em ascensão. A secretaria de Saúde do Estado também confirmou que os números de internações e de casos confirmados de coronavírus vêm caindo semanalmente desde março.



Atualmente, a média diária das mortes em decorrência de casos graves da covid-19 é de 621 nesta semana epidemiológica, contra 813 no período anterior.

"Pela primeira vez após dois meses de alta, o estado de São Paulo apresenta uma queda de 23% no número de óbitos. É a primeira vez que os indicadores de casos, internações e óbitos estão em queda neste período. Graças ao avanço da vacinação, às medidas restritivas do Plano SP e ao apoio da população, o nosso estado está colhendo resultados desse esforço coletivo", declarou Garcia. 

Você viu?

VEJA ABAIXO O QUE PODE REABRIR:

- Academias: funcionando por oito horas entre 6h e 19h; capacidade limitada a 25%;

- Salões de beleza e Barbearias: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

- Restaurantes e bares que sirvam refeições como restaurantes: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

- Atividades culturais como cinema, museus e teatros: das 11h às 19h; com capacidade limitada

- Parques: Estado liberou das 6h às 18h (Prefeitura de Campinas ainda não se pronunciou); com capacidade limitada a 25%; 

- reabertura das áreas comuns de condomínios e hotéis: que poderão funcionar entre 6h e 18h;

- Poupatempo: Estado informou que as unidades reabrem nesse sábado para o atendimento presencial. Porém é necessário fazer agendamento prévio: https://www.poupatempo.sp.gov.br/

- Atividades presenciais internas nos estabelecimentos comerciais e de prestadores de serviço: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

- Retomada dos cursos de educação não regulada, como idiomas, artes, e informática: das 11h às 19h; com capacidade limitada a 25%;

JÁ ESTÃO AUTORIZADOS DESDE SÁBADO PASSADO:

- o comércio pode funcionar das 11h às 19h, mas com limite de 25% de ocupação do local;

- missas e cultos podem ser realizados presencialmente, mas respeitando protocolos sanitários, entre 6h e 20h.

As seguintes medidas da fase vermelha foram mantidas:

- a recomendação do teletrabalho;

- a recomendação do escalonamento de horários alternados para a entrada de funcionários dos setores de serviços, do comércio e da indústria;

- o toque de recolher das 20h às 5h;

- proibição do uso das áreas comuns dos condomínios;

- proibição de festas clandestinas e reuniões familiares com mais de 10 pessoas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários