Vacina: Campinas ultrapassa 300 mil doses aplicadas em moradores
Reprodução: ACidade ON
Vacina: Campinas ultrapassa 300 mil doses aplicadas em moradores

Campinas ultrapassou nesta semana a marca de 300 mil doses da vacina contra a covid-19 aplicadas. Segundo a secretaria da Saúde, até a última sexta-feira (30), 309.783 vacinas já foram aplicadas nos moradores em primeira ou segunda dose. No domingo (25) passado o número era de 290.631.

Do total, 190.976 pessoas já receberam a vacina em primeira dose e 118.807 estão com imunização completa (com a segunda dose).

Atualmente, podem se vacinar na cidade moradores com 63 anos ou mais, profissionais da saúde de grupos prioritários, além de profissionais das forças de segurança e profissionais da educação com mais de 47 anos.

Para evitar a perda de vacinas, a Saúde disponibiliza também de um cadastro onde moradores com mais de 60 anos podem se cadastrar para receberem doses restantes de vacina.

DOSES RECEBIDAS

Abril encerrou como o mês com mais doses de vacinas contra a covid-19 recebidas por Campinas. De acordo com a Saúde, chegaram a cidade no mês passado 114.140 doses, contra 113,8 mil recebidas em março, 80,4 mil em fevereiro e 45,7 mil em janeiro, mês em que a imunização começou.

Ao todo, Campinas já recebeu 354.166 vacinas para serem aplicadas em primeira ou segunda dose. Do total, as 309.783 vacinas já aplicadas nos moradores representam que 87,4% das doses recebidas por Campinas já foram distribuídas. 

Segundo a Prefeitura, as novas doses costumam chegar sempre que há a abertura da vacinação para um novo grupo prioritário.  

ALÍVIO 

Alívio é essa a palavra que vem a cabeça da operadora de máquina Silvana Carias, de 48 anos, que teve os pais vacinados no último mês. Mesmo sabendo que os cuidados vão continuar, a imunização completa dos dois ajuda a amenizar esse período tão complicado. "A gente sabe que eles devem  continuar usando máscara e mantendo o distanciamento, mas é muito importante saber que estão mais protegidos", afirmou. Os pai de Silvana tem 78 anos e a mãe 76.

A aposentada Nadir Pereira Conceição, de 75 anos, também já completou a imunização e está feliz por ter tido a oportunidade de se vacinar. "No início pensávamos que ia levar muito tempo, mas a ciência surpreendeu e fez a vacina e com isso vemos até que diminui os casos graves entre idosos. Não vejo a hora de todo mundo ser vacinado", desabafou. 

Você viu?

CALENDÁRIO DA VACINAÇÃO

Pelo cronograma estadual, a vacinação para idosos com idade entre 60 e 62 anos, tem previsão para início no dia 6 de maio.

Ainda neste mês, no dia 10 deve começar a vacinação em pessoas com problemas renais em diálise, pessoas com síndrome de Down e transplantados imunossuprimidos. Nestes grupos, serão vacinados pessoas a partir dos 18 anos.

Para metroviários e ferroviários, o estado planeja iniciar a imunização em 11 de maio, enquanto motoristas e cobradores de ônibus devem receber a vacina a partir do dia 18. 

COMO FUNCIONA

Exceto para os profissionais da segurança pública, que recebem a vacina direto nos batalhões da Polícia Militar, para os demais grupos o agendamento da vacinação é obrigatório e acontece nos centros de imunização (veja locais abaixo). 

O dia e horário deverão ser escolhidos no site vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160 (pessoas que enfrentarem dificuldades podem buscar ajuda no centro de saúde mais próximo). Só são atendidas pessoas que estiverem agendadas, que devem comparecer a um dos cinco centros de imunização (confira abaixo), com 10 minutos de antecedência para evitar aglomerações. 


PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Entre os profissionais de saúde com mais de 45 anos que podem se vacinar estão inseridas 22 categorias. 

Podem fazer agendamento atualmente: assistentes sociais que trabalham em estabelecimentos da área da saúde; auxiliares em laboratórios de análises clínicas; biomédicos; biólogos; cirurgiões dentistas; enfermeiros; farmacêuticos; fisioterapeutas; fonoaudiólogos; motoristas de ambulância; médicos; médicos veterinários; nutricionistas; profissionais de Educação Física; psicólogos; terapeutas ocupacionais; técnicos e auxiliares de enfermagem; técnicos e auxiliares de saúde bucal; técnicos em laboratórios de análises clínicas; técnicos em radiologia; gerontólogo, além de doulas/parteiras.

LOCAIS DE VACINAÇÃO EM CAMPINAS

Os Centros de Imunização funcionam das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira; e das 8h às 18h, aos sábados e domingos.

- CVI - Centro de Vivência do Idoso na Lagoa do Taquaral
Avenida Doutor Heitor Penteado, s/nº. Portão 5, com área de estacionamento

- Escola CAIC Zeferino Vaz
Rua José Augusto de Mattos, s/nº
Parque Residencial Vila União

- Círculo Militar de Campinas
Avenida Getúlio Vargas, 200
Jardim Chapadão

- Casa da Criança Paralítica
Rua Pedro Domingos Vitali, nº 160
Parque Itália

- Centro de Imunização Noroeste (antigo prédio da NAED Noroeste)
Rua Augusta ParreiraBelinteni, s/nº
Vila Castelo Branco

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários