Campinas tem novo ponto de vacinação contra a gripe.
Reprodução
Campinas tem novo ponto de vacinação contra a gripe.


A Prefeitura de Campinas abre nesta segunda-feira (3) um novo ponto para a vacinação contra a gripe. O reforço com o novo local vem após a Secretaria de Saúde classificar a cobertura vacinal extremamente baixa na cidade .

Nessa primeira fase estão sendo vacinados profissionais de saúde, crianças maiores de seis meses e menores de seis anos, grávidas e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). Em todos esses grupos, a cobertura vacinal está abaixo dos 50%.

O novo centro de imunização funcionará no Centro Cultural de Inclusão e Integração Social (CIS Guanabara), na Rua Mário Siqueira 829, no Guanabara. Nesse local, poderão ser vacinados trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados . A vacinação será feita de hoje até o dia 14 de maio, das 8h às 18h.

A vacina contra a gripe oferece proteção contra três tipos de vírus: H1N1, H3N2 e B/Victoria. O imunizante previne agravamento de quadros respiratórios, que podem levar à morte. Segundo a Saúde, a imunização contra o vírus Influenza é importante porque o agravamento da doença pode levar à necessidade de internação em um sistema hospitalar que já está sobrecarregado em razão da pandemia.

BAIXA COBERTURA

A primeira fase da campanha de vacinação contra a gripe em Campinas imunizou 43.546 pessoas até a última quinta-feira (29). A meta é vacinar, até 10 de maio, 90% do público-alvo, de 145 mil pessoas, na primeira fase.

Segundo a Prefeitura, foram imunizadas 725 puérperas, que correspondem a uma cobertura vacinal de 40,3%; 25.911 crianças (32,5%); 3.2281 gestantes (30%) e 13.629 profissionais da saúde (25,1%). 

Você viu?

COMO SER VACINADO

Segundo a Prefeitura, o novo local foi aberto com uma parceria com a Unicamp, sendo que a Saúde fornece o medicamento e insumos, enquanto os profissionais do Hospital Unimed aplicarão a vacina. Não há restrição para nenhuma categoria profissional ou idade. Aproximadamente 20 mil trabalhadores poderão ser imunizados durante a ação.

Para receber a vacina contra a gripe não é necessário fazer agendamento prévio. Os trabalhadores devem se apresentar munidos de documento de identidade com foto e comprovante da atuação profissional na área de saúde, como cartão do conselho de classe, contrato de trabalho ou de prestação de serviço, holerite, crachá ou declaração emitida pelo serviço de saúde que comprove o vínculo empregatício.

Além dessa medida, a Prefeitura também passou a disponibilizar a vacina nas maternidades da cidade, para que as mulheres deixam as unidades já imunizadas contra a gripe.

Quem pode se vacinar no novo local

Podem se vacinar trabalhadores de estabelecimentos na área de saúde, como hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros.  

A imunização abrange tanto os profissionais propriamente da saúde como médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus técnicos e auxiliares, quanto os profissionais de apoio que trabalham nos serviços de saúde, mas não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde. Neste grupo estão recepcionistas, seguranças, pessoal da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias entre outros.

Também estão incluídos trabalhadores que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras e os estudantes da área da saúde que estiverem prestando assistência em serviços de saúde.

VEJA ONDE SE VACINAR EM CAMPINAS

Os endereços dos locais de vacina dos grupos prioritários da primeira fase da imunização estão disponíveis no site: www.vacina.campinas.sp.gov.br. Nesse endereço é possível acessar um mapa com os postos de imunização, simbolizados por seringas. Aquelas que aparecem em azul possuem vacinas; as em vermelho, não.



Após inserir o endereço da residência, o mapa indica os locais de vacinação mais próximos. Ao clicar em uma das seringas, aparece o endereço do posto, horário de vacinação e se tem ou não vacina. Não é necessário fazer agendamento.

Pessoas com quadro sugestivo, ou casos confirmados de infecção pela Covid-19, devem esperar para receber a vacina. É recomendado aguardar até a recuperação clínica total. Quem tomou vacina contra a Covid deve aguardar 14 dias para ser imunizado contra a gripe.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários