Campinas abre vacinação de dose sobrante para maior de 18 anos com comorbidade
Reprodução: ACidade ON
Campinas abre vacinação de dose sobrante para maior de 18 anos com comorbidade

A Prefeitura de Campinas abriu nesta segunda-feira (10) o cadastro para pessoas com mais de 18 anos que possuam comorbidades (veja lista abaixo) para receberem as doses que sobram da vacina contra a covid-19. Para isso, é preciso entrar no site https://vacina.campinas.sp.gov.br/gestao-doses-sobrantes . Vale lembrar que o cadastro não prevê a garantia da vacinação.

Isso porque para receber o imunizante é preciso ir próximo ao horário de fechamento dos Centros de Imunização e, esporadicamente, poderá haver frasco multidoses de vacina já aberto, com sobra de vacina. Para ser chamado, é necessário informar ainda um telefone válido para a convocação.

A medida pretende evitar a perda de doses e ocorre perto do horário do fim dos atendimentos nos cinco Centros de Imunização apenas quando há frasco (multidoses) de imunizante já aberto, com sobra de vacina. 

Você viu?

EM 20 MINUTOS

Quem for chamado precisa chegar ao Centro de Imunização em, no máximo, 20 minutos após o contato. Para ser vacinado, é preciso apresentar documento com foto, declaração ou receituário médico que comprove a comorbidade, além de comprovante de endereço em Campinas em nome do interessado. Se convocado, terá que assinar o Termo de Ciência e Aceite de que está recebendo dose sobrante.

A Secretaria de Saúde de Campinas esclareceu que são poucos os dias em que há sobras. Quando isso ocorre, podem ser frascos com apenas uma dose ou um pouco mais.

LISTA DE COMORBIDADES

- Doença cardiovasculares


Insuficiência cardíaca

Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Síndrome coronariana

Valvopatias

Miocardiopatias e pericardiopatias

Doença da aorta, dos grandes vasos e fístolas arteriovenosas

Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênitas no adulto

Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados


- Diabete mellitus

- Pneumopatias crônicas graves

- Hipertensão arterial resistente

- Hipertensão arterial estágio 3

- Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão de órgãos alvos

- Doença cerebrovascular

- Doença renal crônica

- Imunossuprimidos

- Anemia falciforme

- Obesidade mórbida

- Cirrose hepática

- HIV


GRIPE E COVID - INTERVALO

A vacinação contra a gripe está acontecendo nos 67 centros de saúde de Campinas desde 12 de abril. Como as campanhas de vacinação (covid e Gripe) acontecem ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas vacinas simultaneamente. A orientação é respeitar o intervalo mínimo de 14 dias entre as doses contra covid e contra Influenza.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários