Polícia investiga tráfico de drogas em larga escala na região de Campinas
Reprodução: ACidade ON
Polícia investiga tráfico de drogas em larga escala na região de Campinas

A Polícia Civil de Campinas investiga uma rede de tráfico de drogas em larga escala na região e no interior de São Paulo, após apreender 225 kg de entorpecentes - entre eles cocaína e maconha - em um compartimento falso no interior de uma carreta no sábado (8).

O caso foi divulgado hoje (10) pelo setor de inteligência da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) e dois homens estão presos.

Segundo a polícia, a organização abasteceria a macrorregião de Campinas, com cocaína principalmente, e teria o modus operandi de utilizar compartimentos falsos em caminhões para levar a droga às cidades. No sábado, a carreta se deslocava do Mato Grosso para o interior do estado de São Paulo.

Por volta de 7h, os policiais do Deic de Campinas deflagraram a operação e interceptaram o caminhão ainda na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), próximo ao município de Assis (a 423 km de Campinas). A carreta estava carregada com 28 toneladas de frango congelado.

Você viu?


No entanto, ela foi trazida ao município para uma busca detalhada. Neste momento, foi descoberto o compartimento secreto onde estavam os 220 kg de cocaína e 5 kg de maconha. Os dois homens que estavam na carreta, e se revezam para dirigi-la, foram presos em flagrante. 

Drogas apreendidas (Foto: Divulgação/Deic)

OS HOMENS

Segundo a Deic, um dos homens, inclusive, já tinha passagem anterior por tráfico de drogas. Eles têm 30 e 44 anos e ambos são de Dourados, no Mato Grosso do Sul. Após o flagrante, a Polícia Civil de Campinas disse que continuará a investigação para identificar os traficantes que fizeram a remessa, assim como os recebedores da droga na região de campinas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários