Campinas iniciou vacinação para pessoas em situação de rua.
Adriano Rosa/Prefeitura de Campinas
Campinas iniciou vacinação para pessoas em situação de rua.

Pessoas em situação de rua passaram a ser imunizadas nesta semana contra a covid-19 em Campinas . Por meio do Consultório na Rua, instalado na Lagoa do Taquaral, puderam se vacinar pessoas com mais de 60 anos e acima de 50 anos com comorbidades, de acordo com a Prefeitura.

A estratégia foi definida pela Vigilância em Saúde para atender essa população. Um dos argumentos usados para a ação é que as pessoas em situação de rua têm dificuldade de acesso à internet para fazer o agendamento.

"Essa foi a forma que encontramos para que elas possam ter acesso à vacina. As acolhidas em albergues e casas de repouso estão sendo agendadas pelas próprias instituições, e as que estão nas ruas podem agora ter também essa possibilidade de imunização", disse Alcyone Apolinário Januzzi, coordenadora do consultório.

CONSULTÓRIO NA RUA 

O Consultório na Rua é um equipamento da Saúde composto por médicos, psicólogo, assistentes sociais, técnico de enfermagem, terapeuta ocupacional e redutores de danos. A equipe atende pessoas em situação de vulnerabilidade em pontos fixos e móveis.

Você viu?

O foco do atendimento do consultório está principalmente nas doenças ou condições que mais atingem os moradores de rua, como tuberculose, alcoolismo e combate ao crack e outras drogas. 


POSITIVADOS 

Um inquérito sorológico realizado no final de 2020 testou 330 pessoas em situação de rua. Desse total, 11 testaram positivo para o coronavírus, ou seja, 3,33% do total. Segundo a Prefeitura, apesar desse segmento estar mais vulnerável, a porcentagem de casos positivos foi semelhante ao da população geral, que registrou 3,68%. 

Em Campinas, as áreas da região central, como Largo do Pará, Mercadão, Terminal Central, Catedral e entorno têm a maior concentração de população em situação de rua.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários