UTI-Covid: Campinas tem maior número de vagas em 3 meses
Reprodução: ACidade ON
UTI-Covid: Campinas tem maior número de vagas em 3 meses

A rede de saúde do SUS municipal de Campinas registrou, nesta sexta-feira (14), a segunda maior taxa de leitos livres de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com Covid-19 após mais de três meses.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o SUS municipal conta, hoje, com 14 leitos livres de UTI-Covid. O maior número até então ocorreu no dia 11 de fevereiro, quando a cidade chegou a possuir 16 leitos livres.

Você viu?

Por conta dessa melhora na ocupação, ontem a Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência anunciou a retomada de parte das cirurgias eletivas - aquelas que não são de urgência ou emergência.


No total, Campinas conta com 352 leitos de UTI exclusivos para pacientes com covid-19 nas redes pública municipal e particular de saúde. Deste total, 274 estão ocupados, o que corresponde a 77,84%. Há 78 leitos livres nas redes municipal e privada.  Não há pacientes à espera por leitos Covid-19 de UTI e de enfermaria.

Os leitos estão disponibilizados da seguinte maneira:

SUS Municipal: 149 leitos, dos quais 135 estão ocupados, o que equivale a 90,60%. Há 14 leitos livres.

Particular: 203 leitos, dos quais 139 estão ocupados, o que equivale a 68,47%. Há 64 leitos vagos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários