Sérgio Bisogni, presidente da Rede Mário Gatti.
Reprodução: ACidade ON
Sérgio Bisogni, presidente da Rede Mário Gatti.

A Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência está investigando um surto de casos de covid-19 dentro da unidade cirúrgica do Hospital Municipal Doutor Mário Gatti. A informação foi confirmada pela Prefeitura de Campinas na manhã deste sábado (15).

De acordo com um comunicado interior enviado na sexta-feira (14) pelo NEH (Núcleo de Epidemiologia Hospitalar) à diretoria da unidade, quatro pacientes internados na enfermaria cirúrgica testaram positivo para a doença.

"Os pacientes tinham longos períodos de internação e provavelmente foram expostos ao vírus em ambiente hospitalar", diz o comunicado.

Além disso, dois residentes da cirurgia também testaram positivos. Outros três residentes estão com sintomas e foram afastados e aguardam resultados de exames.

Por conta destes casos confirmados e suspeitos, o NEH também diz no comunicado que realizou, na sexta-feira testes de covid-19 em todos os residentes da cirurgia geral.

Procurada, a Rede Mário Gatti de Urgência e Emergência informou, através de nota oficial, que a NEH está analisando a situação, no intuito de avaliar os casos e determinar como foram as possíveis formas de transmissão e traçar estratégias para controle.

Além disso, a Rede confirmou que todos já haviam sido vacinados. "Mesmo vacinadas, as pessoas podem contrair o Sars-Cov-2, mas felizmente desenvolvem formas leves da doença", finalizou.

Você viu?


SUPEROU

Com mais 11 mortes de covid-19 confirmadas na sexta-feira, Campinas superou em menos de cinco meses o total de mortes da doença registrado em todo o ano de 2020. Em 2021, de janeiro até hoje, foram 1.599 óbitos confirmados. De março a dezembro do ano passado, 1588.

A Prefeitura também informou ainda que foram confirmadas mais 389 casos da doença. O total, até o momento, é de 97.126 moradores que tiveram resultado positivo para a covid-19 desde março do ano passado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários