Em abril, rodovia D. Pedro tem mais queimadas que nos 3 primeiros meses do ano
Reprodução: ACidade ON
Em abril, rodovia D. Pedro tem mais queimadas que nos 3 primeiros meses do ano

O início da estiagem fez disparar o número de queimadas no Corredor Dom Pedro de rodovias. Em abril deste ano, a Concessionária Rota das Bandeiras registrou 45 ocorrências, quase o dobro do acumulado no primeiro trimestre, quando foram 24 incêndios às margens das rodovias.

O aumento é comum nesta época do ano e a previsão é de que o número siga alto nos próximos meses. Historicamente, o período mais crítico ocorre entre maio e agosto. O tempo seco ocasionado pela ausência das chuvas deixa a vegetação mais seca, se tornando uma espécie de combustível para o início dos incêndios e a expansão das chamas.

Você viu?

Neste período, a concessionária informou que a conscientização dos usuários se torna ainda mais importante para evitar o início das queimadas. Entre os principais fatores causadores de incêndio, além de bitucas de cigarros arremessadas por motoristas, está a utilização de fogo para limpeza de terrenos, queima de lixo, fogueiras, queimadas para fins agrícolas não autorizadas e balões.

Para combater os incêndios, a Rota das Bandeiras posiciona caminhões-pipa em pontos estratégicos da malha viária. Além disso, a frota de veículos de inspeção da Concessionária, que já circula ininterruptamente pelos 297 km de rodovias, possui abafadores para o combate de pequenas chamas. O monitoramento é feito por meio das 91 câmeras de monitoramento instaladas ao longo do Corredor Dom Pedro.


Caso o motorista se depare com um incêndio, acionar o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da Rota das Bandeiras. O telefone é o 0800-770-8070. O serviço gratuito funciona 24 horas.

NA ANHANGUERA-BANDEIRANTES

Já nos trechos de Campinas das rodovias Bandeirantes (SP-348) e Anhanguera (SP-330), administrados pela CCR AutoBAn, foram registrados 26 incêndios no primeiro trimestre deste ano. Já em abril, foram 34.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários