MPT determinou que servidores da Educação com comorbidades sejam afastados.
Reprodução
MPT determinou que servidores da Educação com comorbidades sejam afastados.

O MPT (Ministério Público do Trabalho) determinou que a Secretaria de Educação de Campinas afaste das atividades presenciais os profissionais que possuam algum tipo de comorbidade, até que todos estes trabalhadores (com comorbidades) sejam completamente imunizados.

De acordo com a procuradora Clarissa Ribeiro Schinestsck, a Prefeitura de Campinas tem até oito dias para cumprir a determinação. A determinação faz parte do inquérito que acompanha o retorno das aulas nas escolas da rede municipal.

O MPT também determinou que o Município de Campinas afaste das atividades presenciais os trabalhadores da educação que estão em tratamento de câncer e que fazem uso de medicamentos imunodepressores e quimioterápicos.

Segundo o despacho, a comorbidades foram definidas no Protocolo de Manejo Clínico da Covid-19 na Atenção Especializada, do Ministério da Saúde.

- cardiopatias graves ou descompensadas (insuficiência cardíaca, infartados, revascularizados, portadores de arritmias, hipertensão arterial sistêmica descompensada);

- pneumopatias graves ou descompensadas (dependentes de oxigênio, portadores de asma moderada/grave, Doença Pulmonar Obstrutiva
- Crônica - DPOC);

- imunodeprimidos;

- doentes renais crônicos em estágio avançado (graus 3, 4 e 5);

- diabéticos;

Você viu?

CASOS

De acordo com o Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) de Campinas, 15 profissionais da educação já se infectaram com a covid-19. As aulas presenciais foram retomadas na rede municipal de forma gradual no dia 26 de abril.


De acordo com a Secretaria de Educação, não há nenhuma evidência, por enquanto, de que essas infecções ocorreram no interior das unidades escolares. No total, mais de 8 mil profissionais em 206 unidades escolares do município retomaram o trabalho.

OUTRO LADO

A Secretaria de Educação foi procurada, mas ainda não houve retorno. A matéria será atualizada quando isso ocorrer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários