Lair Zambon, secretário de Saúde de Campinas.
Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas
Lair Zambon, secretário de Saúde de Campinas.

O secretário de Saúde de Campinas, Lair Zambon, afirmou nesta quarta-feira (19) que acredita que a cidade receberá em junho um lote de vacinas da Pfizer, até o momento destinadas à capitais brasileiras. Segundo ele, o Ministério da Saúde informou ontem que está previsto um carregamento no próximo mês de 12,5 milhões de doses do imunizantes no Brasil.

Campinas solicitou no dia 30 de abril a inclusão do município no cronograma justificando que a cidade tem condição de armazenar a vacina e foi atendido. O pedido foi feito ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na chegada das primeiras doses da Pfizer no Aeroporto Internacional de Viracopos.

Você viu?

Depois do pedido, a cidade recebeu uma verba do governo estadual e adquiriu 18 freezers para armazenar a vacina da Pfizer. O imunizante precisa ser armazenado em caixas com temperaturas entre -25°C e -15°C por, no máximo, 14 dias.

"Em relação ao armazenamento da vacina da Pfizer, temos em Campinas o Hemocentro da Unicamp, que vai poder nos ajudar no ponto de vista da logística. Lembrar também que nós poderemos usar as doses rapidamente, nos cinco dias após a vinda. Então, assim que chegar, montaremos o esquema para o uso e qual perfil faremos a vacinação", disse Zambon.

Ainda segundo a pasta de Saúde, a distribuição da vacina da Pfizer é feita pelo governo estadual. Até o momento, Campinas tem realizado a vacinação contra a covid-19 com as vacinas Coronavac, do Instituto Butantan, e Oxford/AstraZeneca. Ainda hoje, está prevista a chegada do quarto lote da Pfizer no Aeroporto Internacional de Viracopos.


Sobre a situação, o prefeito Dário Saadi (Republicanos) disse que esteve com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta semana, e que foi reforçada a solicitação da inclusão de Campinas na vacinação com a vacina da Pfizer. "O ministro confirmou, mas não nos garantiu a data. Mas voltamos a insistir. Campinas tem condição de armazenar a vacina da Pfizer e achamos que merecemos estar na lista de cidades contempladas", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários