Câmera flagra ação de 1º latrocínio do ano em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Câmera flagra ação de 1º latrocínio do ano em Campinas


Imagens de câmeras de segurança divulgadas nesta terça-feira (1º) mostram o momento em que o engenheiro de software Jônatas Bolelho da Silva, de 36 anos, foi morto durante uma tentativa de assalto em Campinas. O crime aconteceu na noite de ontem (31) na Rua Doutor Osvaldo Anhert, no Jardim São Bento. Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública) de São Paulo, este é o primeiro latrocínio do ano registrado na cidade. 

Nas imagens, é possível ver quando o carro da família estaciona na garagem às 20h17. Segundo a Polícia Militar, Jônatas estava junto com a esposa e entrava na casa dos pais. Segundos depois, um carro passa na rua e para um pouco acima da residência, que ainda estava com o portão aberto. Em seguida, quatro homens saem do veículo e vão em direção a casa. 

A sequência de imagens é forte e mostra a violência que aconteceu de forma muito rápida. Às 20h18 os bandidos já saem correndo e sem levar nada após ter um deles ter atirado contra o homem, que cai na calçada depois de ser baleado na cabeça. Além da esposa, a mãe do engenheiro também presenciou a cena.  


Segundo a família, Jônatas morava em Santa Catarina e estava de mudança para a região, para iniciar um novo emprego em Indaiatuba. Ainda não se sabe se ele teria reagido ao assalto e o que ocasionou a reação violenta. 

Jônatas morreu no local. Às 20h35 imagens já mostraram viaturas da PM em frente à casa da vítima. Ainda não há informações do velório e enterro da vítima. 

Você viu?

O CRIME

A polícia analisou imagens de câmeras de segurança de moradores vizinhos do local do crime e conseguiu identificar o carro usado pelos bandidos na ação. 

A quadrilha foi encontrada pela polícia no Jardim Nova Europa e quatro homens, de 27, 33 e dois de 32 anos foram presos e identificados pela família da vítima. Ainda de acordo com a PM, um quinto homem envolvido no crime ainda segue foragido. 

O caso foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte) no 1º Distrito Policial. Com um dos suspeitos, a polícia encontrou ainda quatro papelotes de cocaína. A arma usada na ação ainda não foi localizada. 


De acordo com informações da SSP, em 2020, foram contabilizados ao todo 10 latrocínios ao longo dos 12 meses. Já este caso foi o primeiro registrado neste ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários