Vagas de emprego triplicam entre maio e abril em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Vagas de emprego triplicam entre maio e abril em Campinas

Mesmo em meio à crise provocada pela pandemia do coronavírus a quantidade de vagas oferecidas pelo Cpat (Centro Público de Atendimento ao Trabalhador), em Campinas, registrou um aumento de 30% nos últimos meses, comparado ao começo da pandemia no ano passado. 

Durante os meses de janeiro, fevereiro e março a metrópole teve números altos na oferta de vagas durante os anos de 2020 e 2021. Mas, ao contrário dos meses de abril e maio do ano passado, que tiveram crise de desemprego, os meses de abril e maio deste ano se recuperaram em dobro. 

Entre abril e maio de 2020, a cidade teve 126 ofertas de trabalho. Já nesse mesmo período de 2021, as vagas subiram para 339. Confira os números abaixo: 

Você viu?

VAGAS OFERECIDAS EM 2020

- Janeiro: 564
- Fevereiro: 259
- Março: 146
- Abril: 60
- Maio: 66 

VAGAS OFERECIDAS EM 2021

- Janeiro: 628
- Fevereiro: 213
- Março: 188
- Abril: 138
- Maio: 201 (dados considerando até dia 30 de maio) 


AS VAGAS 

Entre as vagas mais oferecidas pelo Cpat estão a de faxineiro, atendente de lojas e mercados, servente de obras, motoristas de caminhão e operador de caixa. De acordo com o secretário de trabalho e renda de Campinas, Gustavo Di Tella Ferreira, esse ano a pandemia tem afetado menos a população no diz respeito as vagas de emprego.  

"Existe um grande otimismo das pessoas com relação a geração de emprego, e a gente sabe que no ano passado, durante esse mesmo período de março, abril e maio, a pandemia afetou mais a população do que esse ano. Acho que isso é o motivo dessa procura e aumento de vagas".  

Apesar do aumento, os economistas destacam que o momento continua sendo de cautela, já que há a possibilidade de uma terceira onda da doença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários