Campinas promove Dia D com a meta de vacinar 25,6 mil contra a covid-19
Reprodução: ACidade ON
Campinas promove Dia D com a meta de vacinar 25,6 mil contra a covid-19

A secretaria de Saúde de Campinas faz hoje (4) o segundo "Dia D de vacinação contra a Covid-19". Serão 62 centros de saúde abertos das 9h às 17h para vacinar as pessoas dos grupos prioritários agendadas pelo site vacina.campinas.sp.gov.br. Vale lembrar que não há mais disponibilidade de vagas para a imunização do Dia D, mas há agendamento para outras datas. 

Segundo a Saúde, a expectativa é vacinar 25.682 pessoas, sendo 20.832 nos centros de saúde e 4.850 nos cinco centros de imunização.

Cerca de 1,2 mil profissionais vão atuar neste Dia D, nos centros de saúde. Serão vacinadas todas as categorias com agendamento aberto, exceto grávidas e puérperas.

"Nós tivemos uma experiência muito boa no primeiro Dia D que realizamos. Por isso, vamos aproveitar a sexta-feira, emenda do feriado, para novamente abrir os centros de saúde e oferecer mais vagas para a vacinação contra a Covid-19", disse a diretora de Saúde, Deise Hadich.

O primeiro Dia D aconteceu em 22 de maio, um sábado, e vacinou 23.612 pessoas, um recorde para um único dia na cidade.

SÓ VACINA CONTRA A COVID

Os centros de saúde farão exclusivamente a vacinação. Os demais atendimentos de rotina não acontecerão nesta data.

"Já era ponto facultativo e seria um dia em que as unidades estariam fechadas. Por isso, nossas equipes se organizaram para que pudéssemos fazer mais um Dia D", explicou a diretora Deise Hadich.

"A ação é muito importante para que Campinas amplie cada vez mais o número de vacinados", afirmou o prefeito Dário Saadi ao anunciar a medida no começo dessa semana.

CALENDÁRIO DA VACINAÇÃO

Na última quarta-feira (2) o governo estadual anunciou que irá concluir a vacinação contra a covid-19 em toda a população paulista até o dia 31 de outubro deste ano. Segundo o governador João Doria (PSDB), a Saúde fechou hoje o planejamento do programa de imunização do estado, e conseguiu antecipar a conclusão, previsto para o dia 31 de dezembro.

A vacinação completa é prevista para a população acima de 18 anos. Atualmente, o estado de São Paulo utiliza as vacinas Coronavac, do Instituto Butantan, a Atrazeneca/Oxford e o imunizante da Pfizer.

"São Paulo vai concluir toda a vacinação da sua população até o dia 31 de outubro toda a população vacinável do estado de são Paulo será vacinada até 31 de outubro. A população com mais de 18 anos estará plenamente imunizada até esta data", disse o governador. A idade é a prevista pelas vacinas utilizadas no território atualmente.



De acordo com o estado, esta previsão até o final de outubro não leva em conta a encomenda de mais 30 milhões de doses da Coronavac. O governo estadual afirmou que caso seja necessário essas doses podem ser utilizadas para antecipar o cronograma divulgado hoje ou serem enviadas a outros estados brasileiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários