Vacinação: Campinas faz hoje 3º Dia D contra covid-19 com foco em 26 mil
Reprodução: ACidade ON
Vacinação: Campinas faz hoje 3º Dia D contra covid-19 com foco em 26 mil


A secretaria de Saúde de Campinas faz hoje (12) o terceiro Dia D de vacinação contra a covid-19. Serão 64 centros de saúde abertos das 9h às 17h para vacinar as pessoas dos grupos prioritários agendadas pelo site www.vacina.campinas.sp.gov.br .

Vale lembrar que o agendamento para a aplicação da vacinação terminou ontem quando as vagas disponíveis terminaram. A expectativa é vacinar 26.460 pessoas nos centros de saúde. 

A megaoperação ocorrerá nos centros de saúde, com exceção das unidades do Campina Grande, Carlos Gomes e Boa Esperança. As unidades farão exclusivamente a vacinação. Os demais atendimentos de rotina não acontecerão nesta data.  

Vale lembrar que o cadastro da vacina continua aberto para recebimento das doses nos demais dias da semana para os grupos prioritários (veja abaixo), e deve ser feito no site vacina.campinas.sp.gov.br .  

RECORDE?

Hoje poderá ser o dia com mais registros de vacinados em um único dia. No primeiro Dia D, em 22 de maio, foram vacinadas 23.612, um recorde para um único dia em Campinas. Na segunda edição, ocorrida na última sexta-feira (4) foram imunizadas 23.104 pessoas.

Ontem o prefeito Dário Saadi (Republicanos) afirmou, durante live pelas redes sociais, que os três dias de "Dia D" podem somar muitas pessoas vacinadas. "Podemos chegar a 75 ou 85 mil pessoas em apenas três dias D. É muita vacina, e essa é a solução para a pandemia. E isso é feito com agendamento, qualidade e sem aglomeração", afirmou o prefeito.  

Para este dia D, puderam agendar a vacina todas as pessoas incluídas nos grupos prioritários (veja a lista abaixo).  

Segundo a Prefeitura, a definição de mais uma edição da ação acontece devido a adesão da população ocorrida nas duas edições anteriores, permitindo, assim, que Campinas amplie cada vez mais o número de pessoas vacinadas. Até o momento, 538.533 doses já foram aplicadas na cidade, sendo 370.273 em primeira, e 168.260 em segunda.  

Você viu?

MUDANÇA DE LOCAL

Além do Dia D, Campinas começou a aplicar doses das vacinas contra a covid-19 também nos 64 CSs (Centros de Saúde) distribuídos pela cidade. Até então, as vacinas agendadas eram aplicadas apenas nos cinco Centros de Imunização, colocados desde o início da campanha na cidade.  

A alteração no protocolo e a descentralização da imunização foram confirmadas nesta semana pela Saúde. O objetivo é a ampliação dos locais para aplicação das vacinas contra a doença e a desativação gradual dos cinco postos montados na cidade no início da imunização em janeiro desse ano.  

Até o mês passado o morador tomava a primeira e segunda dose da vacina no mesmo local, sendo eles um dos cinco centros de vacinação contra a covid-19 distribuídos pela cidade, agora, quem está sendo vacinado em primeira dose, passou a ser direcionado a fazer a segunda dose em um posto de saúde da região onde mora.  

Até agora, a vacinação contra a covid-19 estava ocorrendo em cinco pontos, sendo eles o CVI (Centro de Vivência do Idoso) na Lagoa do Taquaral, a Escola CAIC Zeferino Vaz, na Vila União, o Círculo Militar de Campinas, no Jardim Chapadão, no Parque Itália e o Centro de Imunização Noroeste, na Vila Castelo Branco.  



A partir de amanhã (12) não haverá mais agendamento nesses locais, sendo mantidas as doses apenas para quem já estava agendado. Os pontos param de funcionar no dia 26 de agosto.  

A vacinação nos CSs vai ocorrer de forma escalonada durante a semana, sendo que cada Centro fará a vacinação uma vez na semana, e no dia ficará exclusivo para imunização. Os dias que ocorrerão a imunização alternam entre terças, quintas e sextas. Cada CS terá 420 doses no dia em que for vacinar.  

QUEM PODE SER VACINADO NA CIDADE ATUALMENTE?

- Trabalhadores da educação a partir de 18 anos

- Pessoas com deficiência permanente com 18 anos ou mais, independente de serem ou não beneficiárias do BPC (Benefício de Prestação Continuada).

- Pessoas com 55 anos ou mais

- Pessoas com comorbidades (doenças prévias), com 18 anos ou mais

- Pessoas com deficiência permanente grave que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) com 18 anos ou mais

- Pessoas com síndrome de Down com 18 anos ou mais

- Pacientes em terapia renal substitutiva e pacientes transplantados: coração pulmão, rim, fígado ou pâncreas, com 18 anos ou mais

- Todas as gestantes e puérperas (quem teve filho nos últimos 45 dias) com 18 anos ou mais

- Profissionais de Educação com 18 anos ou mais

- Motoristas e cobradores de ônibus municipal

- Aeroportuários, Aeroviários e Aeronautas, com 18 anos ou mais

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários