Empresa de energia oferece mais de 60 vagas de estágio na região de Campinas
Reprodução: ACidade ON
Empresa de energia oferece mais de 60 vagas de estágio na região de Campinas


A Eaton, multinacional no ramo de gerenciamento de energia está com mais de 60 vagas abertas para o Programa de Estágio 2022. As vagas são para estudantes da região de Campinas, com oportunidades das unidades de Valinhos e Mogi Mirim.

O processo seleciona alunos que estão cursando o nível superior, com previsão de formação entre 2022 e 2023, e estudantes que cursam nível técnico matriculados em instituições de ensino com disponibilidade de estágio. As inscrições abriram nesta segunda-feira (21) e vão até 19 de julho.

Podem se candidatar estudantes de graduação que cursam engenharias e outros cursos de exatas e tecnológicas, assim como alunos das áreas de humanas. A empresa ainda busca para as vagas técnicas, selecionando estudantes de automação, elétrica, eletrônica, mecânica, mecatrônica, segurança do trabalho, entre outras. O formulário de inscrição pode ser acessado aqui.

Segundo a empresa, o processo seletivo será realizado em formato on-line e a gravação de um vídeo fará parte das etapas do recrutamento, que também contará com as fases de inscrição, testes, dinâmica e entrevista com as lideranças das áreas contratantes . Dependendo do perfil da posição, o estudante deve ter inglês entre nível básico e intermediário e pode permanecer na empresa em um período de até dois anos, tempo que dura o programa.  

A carga horária de estágio é de 6 horas diárias, de segunda à sexta, e há possibilidade de estágio de um à dois anos. Entre os benefícios, estão, segundo a empresa, bolsa auxílio compatível com o mercado, convênio médico, convênio odontológico, seguro de vida, fretado ou vale transporte e restaurante no local ou vale alimentação. 

Você viu?


INCLUSÃO

Buscando pela diversidade de perfis, o programa de estágio 2022 da Eaton contempla o "Programa Diversifica", que tem por objetivo recrutar estudantes com foco em inclusão. Este ano, segundo a empresa, será priorizado o grupo de afinidade LGBTQIA+. Em 2020 a ação foi voltada à jovens negros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários