Vale Gás do governo de São Paulo.
Divulgação
Vale Gás do governo de São Paulo.


No começo desse mês o governo de São Paulo anunciou o programa 'Vale Gás', para auxiliar famílias de baixa renda a comprarem botijão de gás no estado. Na região de Campinas, são 4,6 mil em situação de vulnerabilidade social contempladas. Em Campinas, serão 3.804 famílias beneficiadas.

Ao todo, a medida irá beneficiar 100 mil famílias do Estado partir de julho. Elas receberão três parcelas de R$ 100 a cada dois meses, totalizando R$ 300.

QUEM PODE PEDIR?

O programa será voltado às famílias que fazem parte do Cadastro Único do governo federal, mas não recebem o Bolsa Família.

As famílias podem checar se têm direito ao benefício no site: www.valegas.sp.gov.br com o número de NIS ou entrar em contato com a Central de Atendimento da Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo pelo telefone (11) 2763-8103.

Quem não tiver acesso à internet, pode pedir informações no Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) próximo à residência. As famílias que foram selecionadas estão inscritas no CadÚnico com situação de pobreza ou extrema pobreza, o que equivale a R$ 178 de renda per capita mensal.



GÁS MAIS CARO

O gás de cozinha está mais caro nas distribuidoras desde o início do mês, quando entrou em vigor a alta anunciada na última semana pela Petrobras. O preço do produto sofreu reajuste de 5%, o que alterou o valor final e deixou o gás de R$ 2 a R$ 5 mais caro. Nas revendedoras de Campinas, os botijões variam de R$ 70 a R$ 80.

O aumento foi anunciado na última semana, pela Petrobras. Segundo os moradores, o maior problema dos reajustes é que eles são acumulados. Somente em 2020, o preço do gás subiu nove vezes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários