Dose de Vacina da Janssen.
Arthur Castro/Secom Governo do Amazonas
Dose de Vacina da Janssen.


A secretaria de Saúde do Estado de São Paulo informou hoje (28) que começou neste final de semana a distribuir as doses da vacina da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson, às 645 cidades do Estado. Segundo a Saúde, especificamente para a região Campinas, o quantitativo destinado foi de 37 mil doses . A separação do total de doses por município ainda não foi relatada. 

Segundo o governo paulista, as doses fazem parte da remessa de 1,5 milhão de doses do imunizante que chegou ao Brasil na última semana. Na terça-feira (22), a primeira e até agora maior remessa comprada foi recebida em Guarulhos, com 1,5 milhão de doses. Já na quinta-feira, 300 mil unidades contratadas foram recebidas. No final de semana, 3 milhões de doses da Janssen, doadas pelos Estados Unidos, chegaram ao Brasil pelo aeroporto de Viracopos, em Campinas.

Em Campinas, a Prefeitura foi procurada pela reportagem e ainda não divulgou quantas doses da Janssen foram recebidas pelo município. Vale lembrar que a cidade está com o agendamento de vacina suspenso desde o último dia 23 , alegando falta de vacinas. Segundo a Saúde, uma live que vai ocorrer na tarde desta segunda-feira (28) vai abordar o assunto. 

A vacina da Janssen é a primeira a ser aplicada em dose única no país . Um contrato do Governo Federal com a farmacêutica prevê a entrega de 38 milhões de doses do imunizante da Janssen até o fim do ano. No Brasil, a vacina da Janssen está autorizada para uso emergencial desde 31 de março de 2021. A vacina também já foi autorizada em mais de 40 países e faz parte da lista de sete imunizantes aprovados para uso pela OMS (Organização Mundial da Saúde). 

DISTRIBUIÇÃO

Segundo a secretaria de Saúde, toda a distribuição considera quantitativos de vacinas disponibilizados pelo Ministério da Saúde e "a falta de agilidade do governo federal pode impactar este processo", informou por nota. 

De acordo com a pasta, a distribuição leva em conta ainda as estatísticas populacionais estimadas pelo IBGE para 2020 e balanço de pessoas da faixa etária vigente imunizadas em grupos específicos. 

Você viu?

EFICÁCIA E COMO FUNCIONA

Segundo a OMS, o imunizante apresenta alta eficácia na prevenção de hospitalização e morte pela Covid-19. Uma dose única da vacina tem eficácia global (que reúne dados de todos os estudos clínicos) de 66,9% contra infecções sintomáticas, de 76,7% contra doença grave e morte após 14 dias e de 85,4% após 28 dias de imunização. 

O imunizante utiliza a tecnologia de vetor viral, um vírus enfraquecido que transporta os genes virais para dentro das células, estimulando a resposta imunológica. A mesma metodologia, considerada de 3ª geração, é utilizada nos imunizantes Oxford/AstraZeneca e Sputnik V. 


TESTES

A vacina da Janssen contou com testes clínicos no Brasil, sendo que Campinas foi uma das cidades brasileiras que contou com voluntários. 

Em Campinas, a vacina foi testada em 417 pessoas, com estudos realizados no Hospital da PUC. Na cidade, o estudo de fase 3 foi encerrado no dia 9 de dezembro. Do total de vacinados em Campinas, 35% tinham mais de 60 anos. Ao todo, no Brasil, 7.560 pessoas participaram dos ensaios.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários