Campinas amplia vacinação contra a gripe para toda a população
Reprodução: ACidade ON
Campinas amplia vacinação contra a gripe para toda a população

A Prefeitura de Campinas anunciou nesta terça-feira (6) que a campanha de vacinação contra a gripe foi prorrogada e ampliada para toda a população da cidade. Com isso, a imunização está aberta a partir de hoje a todas as pessoas maiores de seis meses de idade. As vacinas serão aplicadas até o fim das doses disponíveis no município.

Para se vacinar, basta procurar um dos 67 centros de saúde de Campinas (confira o horário das salas de vacinação no https://vacina.campinas.sp.gov.br/vacinas/gripe ). Para receber a dose, é preciso levar documento de identificação com foto e, se tiver, a carteira de vacinação.

Neste ano a vacina protege contra as gripes A (H1N1 e H3N2) e B/Victória. A abertura para toda a população foi permitida  no dia 3 de julho, quando o Ministério da Saúde orientou que os municípios passassem a vacinar contra a gripe toda a população a partir dos seis meses de idade.

VACINAÇÃO ATÉ O MOMENTO

Segundo dados do último balanço do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) de Campinas, até 2 de julho, foram imunizadas contra a gripe 1.188 puérperas (mulheres que deram à luz há até 45 dias), o que corresponde a 66,1% do público-alvo; 46.603 crianças a partir de seis meses até cinco anos completos (58,5% do total); 5.766 gestantes (52,7% do total).

Você viu?

Também receberam a vacina 30.388 trabalhadores da saúde (57,7%); 103.844 idosos (50,5%); 6.318 professores (47,4%); 117 membros ativos das Forças Armadas (4,5%) e 149 pessoas com deficiência permanente (0,4% do público-alvo).

As doses foram aplicadas, ainda, em 1.232 pessoas dos grupos de trabalhadores de segurança e salvamento, indígenas, caminhoneiros, adolescentes em medidas socioeducativas, funcionários do sistema de privação de liberdade e trabalhadores de transporte.

IMPORTANTE

A Secretaria de Saúde alertou que a vacina é muito importante para reduzir as internações e mortes causadas pela doença, principalmente para os grupos considerados de risco, que podem desenvolver as formas mais graves da gripe.


Neste público estão pessoas maiores de 60 anos, pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas, crianças a partir de seis meses e menores de 6 anos, entre outros.

Além disso, a imunização ajuda a diferenciar os diagnósticos de gripe e covid-19.

COVID-19

Vale lembrar que as campanhas de vacinação contra a gripe e contra a covid-19 estão acontecendo simultaneamente. As pessoas precisam ficar atentas e respeitar o intervalo de 14 dias entre uma vacina e outra, sempre priorizando a imunização contra o novo coronavírus.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários