Homem que invadiu escola é autuado por lesão corporal, dano, ameaça e injúria
Reprodução: ACidade ON
Homem que invadiu escola é autuado por lesão corporal, dano, ameaça e injúria

A 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) informou nesta terça-feira (6) que o homem acusado de invadir uma escola para agredir a namorada, ontem em Campinas, foi autuado em flagrante por violência doméstica, lesão corporal, dano, ameaça e injúria. O caso segue em investigação em inquérito policial.

O crime aconteceu na tarde de ontem e assustou quem trabalhava na Escola Municipal Hilton Federici Cimei, no bairro Vila 31 de Março. O homem de 31 anos pulou o muro da escola para tentar conversar com a mulher, de 38 anos, que é uma auxiliar de limpeza terceirizada. No entanto, durante a conversa ele começou a agredi-la com socos. O motivo seria ciúmes da mulher. 

Funcionários da escola conseguiram conter o agressor, porém também foram agredidos. Eles acionaram a polícia, que o encaminhou para a delegacia. A agressão aconteceu no pátio da escola e no horário em que as crianças estavam dentro da sala de aula. Por isso, nenhuma teria presenciado a agressão.  

Você viu?


A PM informou que o agressor estava visivelmente drogado. Ele foi levado para o PA (Pronto-Atendimento) Padre Anchieta porque machucou a mão tentando entrar pela janela da escola.  

A Prefeitura informou ontem que não houve falha no controle de acesso à escola porque o agressor pulou o muro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários