Covid: Campinas reabre agendamento de vacina para maiores de 37 anos
Reprodução: ACidade ON
Covid: Campinas reabre agendamento de vacina para maiores de 37 anos

A Prefeitura de Campinas reabre nesta segunda-feira (12), às 17h, o agendamento para a vacinação contra a Covid-19 para moradores com mais de 37 anos. Um total de 30.426 vagas foi disponibilizado para o próximo sábado (17), quando será realizado, das 9h às 17h, o 6º Dia D contra a doença.

Além das pessoas com mais de 37 anos, estão contemplados os demais grupos que já estavam com agendamento aberto, como pessoas com doenças prévias (comorbidades) a partir de 18 anos, grávidas e puérperas a partir de 18 anos, entre outros.

No Dia D, as vacinas serão aplicadas em 60 centros de saúde da cidade. Só não participarão as unidades do DIC 6, Rossin, Santos Dumont, Eulina, Carlos Gomes, Campina Grande e Boa Esperança.

AGENDAMENTO

O agendamento deve ser feito no site https://vacina.campinas.sp.gov.br ou pelo telefone 160. Quem tiver dificuldade, pode procurar o centro de saúde mais próximo e pedir ajuda.

Você viu?

Os documentos necessários para cada grupo devem ser consultados no https://vacina.campinas.sp.gov.br/ . É importante que as pessoas cheguem, no máximo, com 10 minutos de antecedência, para evitar aglomerações.

PUNIÇÃO DE ESCOLHA DA VACINA

Não há possibilidade de escolha da vacina, mesmo com prescrição ou encaminhamento médico. A pessoa que se recusar a receber a dose terá que assinar um documento de recusa e irá para o final da fila de imunização. As pessoas que não comparecerem ao agendamento ficarão suspensas por 30 dias no sistema. As eventuais contestações poderão ser encaminhadas via recurso formalizado no Protocolo Geral da Prefeitura.


OUTROS DIAS D

Nos cinco Dias D anteriores foram aplicadas 131.106 doses. As ações foram realizadas em 22 de maio, 4, 12 e 19 de junho e 9 de julho. A última edição vacinou 31.002 pessoas em um único dia e bateu o recorde dos Dias D.

GRIPE E COVID

Como as campanhas de vacinação contra Covid e Gripe acontecem ao mesmo tempo, o Ministério da Saúde recomenda o intervalo mínimo de 14 dias entre as duas vacinas. A orientação é priorizar a imunização contra a Covid.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários