Campinas vai criar centro para atender pacientes com sequelas da Covid-19.
Reprodução
Campinas vai criar centro para atender pacientes com sequelas da Covid-19.

O prefeito Dário Saadi (Republicanos) anunciou em live nesta segunda-feira (19), que Campinas terá um centro de atendimento a pacientes com sequelas deixadas pela covid-19. Além disso, está sendo aberta uma comissão com representantes dos hospitais que formam o SUS Municipal, para atender as demandas que ficaram reprimidas nesta pandemia. 

"Nós já estamos atendendo pacientes com sequelas nos centros de saúde, e montaremos um centro multidisciplinar no Ouro Verde", afirmou o secretário de Saúde Lair Zambom. 

A expectativa é que a unidade de atendimento seja instalada no Hospital Ouro Verde, assim que as internações por covid-19 diminuírem. 

Segundo o prefeito, está sendo feito um levantamento detalhado dos procedimentos represados de cirurgias eletivas, consultas com especialistas, exames de imagem e outros procedimentos que deixaram de ser feitos na SUS Municipal. "Estamos nos preparando para atender a demanda reprimida" , disse. 

Você viu?

PROGRAMA 

No início do mês, Dário, que é vice-presidente de Saúde da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) apresentou ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, proposta de iniciar um programa para atender a demanda de casos não covid represada no País. 


Segundo ele, o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) estima que a pandemia já gerou, no País, uma demanda reprimida de um bilhão de procedimentos médicos. Entre estes, estão cirurgias eletivas e procedimentos diversos como endoscopia, colonoscopia, consultas com especialistas e exames por imagem. 

A Frente Nacional de Prefeitos e o Conasems farão estudo para a implementação de um programa de enfrentamento a essa demanda não atendida, para apresentar ao Ministério da Saúde.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários