Após recesso, aulas na rede municipal de Campinas retornam nesta quarta (21)
Reprodução: ACidade ON
Após recesso, aulas na rede municipal de Campinas retornam nesta quarta (21)

Após o recesso escolar de duas semanas neste mês de julho, as atividades para os 70 mil alunos da rede municipal de ensino de Campinas serão retomadas nesta quarta-feira (21). A expectativa da Secretaria Municipal de Educação é de uma maior adesão dos alunos ao formato presencial neste segundo semestre.

Até antes do recesso, a presença nas salas de aula era de 20%. Por conta da pandemia de covid-1 9, o município tem mantido o modelo híbrido de aulas presenciais e a distância, atendendo até 35% da capacidade e em forma de rodízio.

"Com o avanço da vacinação e a melhora na situação da doença no nosso município, a expectativa é de que a adesão ao formato presencial aumente neste segundo semestre", afirma o secretário de Educação, José Tadeu Jorge.

A presença nas escolas é facultativa e cabe aos pais e responsáveis decidirem se as crianças retornam presencialmente ou seguem acompanhando as aulas por meio da plataforma digital. As aulas presenciais na rede pública voltaram no dia 26 de abril.

Você viu?

No final de junho, o Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) de Campinas confirmou quatro surtos de covid-19 em escolas municipais desde a volta às aulas. De acordo com o órgão, o surto se caracteriza quando são registrados pelo menos dois casos com transmissão no local em um período de 15 dias.


PROTOCOLOS

Segundo a Prefeitura de Campinas, as aulas presenciais estão sendo retomadas com regras, como redução de horário e revezamento de turmas, para garantir o distanciamento social, e com rigorosos protocolos sanitários, seguindo orientação das autoridades de saúde.

As escolas fornecem para cada aluno um kit com quatro máscaras e álcool em gel individual. Os professores, além das máscaras, também contam com protetor facial (face shield). As carteiras são disponibilizadas com um distanciamento de 1,5 metro e totens com álcool em gel estão distribuídos em pontos estratégicos das escolas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários