Agendamento é suspenso temporariamente em Campinas
Reprodução: ACidade ON
Agendamento é suspenso temporariamente em Campinas

O agendamento para receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19 foi temporariamente suspenso no final da tarde desta quinta-feira, (22). As 55.493 vagas disponibilizadas na última terça-feira, (20), foram totalmente preenchidas.

Apesar da medida, se uma pessoa agendada desmarcar ou cancelar, a vaga volta para o sistema e é novamente disponibilizada no site ( vacina.campinas.sp.gov.br )

Agora, a secretaria de Saúde aguarda a chegada de novas doses para a reabertura do agendamento. A suspensão temporária da abertura de novas vagas não afeta a vacinação e nem a marcação da segunda dose, que é feita pelo serviço de saúde quando a pessoa recebe a primeira. 

30 ANOS

O agendamento havia sido aberto na terça-feira (20) para moradores maiores de 30 anos sem doenças prévias. De acordo com o prefeito Dário Saadi (Republicanos), o público estimado de 18 a 35 anos que será vacinado a partir de agora corresponde a 375 mil pessoas. "É um contingente maior que 90% de cidades brasileiras", disse.

A PARTIR DE SEGUNDA 

A partir de segunda-feira (26), a secretaria de Saúde de Campinas vai ampliar os horários de vacinação contra a covid-19 em Campinas. Com isso, a aplicação das doses será feita de segunda a sexta-feira, em 64 centros de saúde.   

A medida pretende mais do que duplicar a capacidade de vacinação, que passará de 33 mil para mais de 66 mil vacinas aplicadas por semana, considerando primeira e segunda doses. O objetivo é acelerar a imunização na cidade. 


GRIPE E SINTOMAS

Vale lembrar que o Ministério da Saúde recomenda o intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas contra a gripe e contra o novo coronavírus. A orientação é priorizar a imunização contra a covid. Pessoas com sintomas gripais também não devem ser vacinados.

Você viu?

QUEM PODE SE VACINAR NA CIDADE?

- Pessoas com 30 anos ou mais (a partir do dia 20 de julho)

- Xepa da vacina (conforme sobra da vacina): moradores com 18 anos ou mais

- Pessoas com comorbidades (doenças prévias), com 18 anos ou mais

- Pessoas com deficiência permanente grave que recebem o BPC
(Benefício de Prestação Continuada) com 18 anos ou mais

- Pacientes em terapia renal substitutiva e pacientes transplantados: coração pulmão, rim, fígado ou pâncreas, com 18 anos ou mais

- Todas as gestantes e puérperas (quem teve filho nos últimos 45 dias) com 18 anos ou mais

- Profissionais de Educação com 18 anos ou mais

- Motoristas e cobradores de ônibus municipal

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários