Músicos de Campinas criam marchinha para satirizar quem escolhe vacina
Reprodução: ACidade ON
Músicos de Campinas criam marchinha para satirizar quem escolhe vacina

Os músicos de Campinas Thiago de Souza e Daniel Battistonni, do grupo Os Marcheiros, lançaram uma marchinha para satirizar quem escolhe a marca da vacina contra a covid-19 - algo que, na cidade, é punido com o retorno da pessoa no final da fila. Até hoje, 59 pessoas foram penalizadas por recusarem a vacina no momento da vacinação (leia mais abaixo).

Para falar dessa situação e alertar sobre a importância da vacinação, a dupla lançou o Samba do Sommelier de Vacina. "O nosso 'barato' é fazermos sátira sobre o cotidiano, sempre inspiradas em notícias que circulam nos veículos de imprensa. Chamamos isso de charges musicais", explicou Thiago.

Ele contou que a dupla começou no final de 2015 e ganhou espaço no Carnaval de 2016. Desde então, as músicas foram ganhando o gosto do público, por trazerem temas atuais. Uma delas, por exemplo, é a "Marchinha do Japonês da Federal". O ex-agente da Polícia Federal ficou conhecido após ficar famoso pelas aparições ao lado de presos notáveis da Operação Lava Jato.

"Com essa marchinha ganhamos o noticiário, participando de programas tanto de entretenimento como o Fantástico e o Programa do Ratinho, como nos principais programas jornalísticos do país, além de rádios, revistas e até veículos internacionais", disse ele.

Já em Campinas, o ACidade ON falou do lançamento da "Marchinha da Emdec", em 2018. Na época, em 2018, o grande número de multas aplicadas na cidade virou comédia na mão da dupla. "Sentamos e em cinco minutos escrevemos a música", contou Thiago. 

Você viu?

Sobre a marchinha da vacinação contra a covid, o músico afirmou que o humor pode ter também o papel de informar. "Tentamos tirar sarro dessas pessoas que insistem no ridículo de escolher algo que elas não têm a menor ideia do que se trata. Vacinar é importante e tanto faz a vacina".

Os músicos Thiago de Souza e Daniel Battistonni (Foto: Arquivo Pessoal)

Ele disse também que a intenção da dupla é chamar a atenção para a necessidade da vacinação contra o coronavírus. A música pode ser ouvida no Youtube oficial de "Os Marcheiros" . A letra você confere abaixo:

"Ele chega de mansinho
De um jeito acanhado
Dá até um sorrisinho
Com um ar encabulado
Bem na porta do postinho
Ele pede por favor
Sussurrando ele diz
Que vacina tem doutor?
100 por cento de eficácia
Que esse cara é um otário
Todo dia no WhatsApp
Cai no conto do vigário
Eu então digo pro trouxa
Larga a mão de ser cabaço
A melhor vacina mesmo
É a que vai no seu braço

Na internet fez merchan de cloroquina
Sommelier de vacina,
Sommelier de vacina
Passar vergonha realmente é sua sina
Sommelier de vacina
Sommelier de vacina
Falou do mito ele da coice e rumina
Sommelier de vacina
Sommelier de vacina
Mas faz a egípcia com denúncia de propina
Sommelier de vacina
Sommelier de vacina
Sommelier de vacina
Sommelier de vacina"


PUNIÇÃO PARA QUEM ESCOLHE VACINA

A punição para quem escolhe a marca da vacina contra a covid-19 em Campinas está em vigor desde o dia 9 julho. Desde então, a secretaria de Saúde de Campinas já contabilizou 59 pessoas que se recusaram a receber a vacina.

Todas foram colocadas no final da fila da imunização - ou seja, só receberão a vacina após toda população de Campinas acima de 18 anos for imunizada. O balanço, com número de pessoas punidas desde que a medida passou a valer foi divulgado nesta quarta-feira (21).

Além do fim da fila, a pessoa que recusar a dose oferecida assina um termo assumindo a responsabilidade pela sua decisão. Caso se negue, duas testemunhas assinam o documento. Também sofre penalização em Campinas aquele que agendar a vacina e não comparecer no dia da imunização. Segundo a Prefeitura, 2.172 pessoas já faltaram em agendamentos neste período, e 67 deram justificativas.

Aquele que "der bolo" fica suspenso por 30 dias, sem conseguir fazer novo agendamento. Caso o morador não concorde com a punição, poderá entrar com um pedido de revisão no Protocolo Geral da Prefeitura.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários