Campinas vai alugar o Hospital Metropolitano.
Reprodução
Campinas vai alugar o Hospital Metropolitano.

 O prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos), confirmou, na tarde desta segunda-feira (26), durante transmissão pelas redes sociais, um importante passo para a abertura do Mário Gattinho - unidade médica especializada em atendimento pediátrico e que foi promessa de campanha do mandatário. 

A Prefeitura assumiu a locação do prédio onde hoje funciona o Hospital Metropolitano, que está sob gestão da Prefeitura de Campinas, para atender casos de covid-19.  A intenção é que após a pandemia, o prédio seja transformado na unidade pediátrica. 

O prédio foi alugado no valor de R$ 72 mil por mês.  Segundo a Prefeitura, com o contrato assinado, a administração sente segurança para dar início às obras, logo após a pandemia, para a transformação do Mário Gattinho. 

"Assim que a pandemia permitir, vamos dar início a esse atendimento pediátrico no antigo Hospital Metropolitano" , disse o prefeito. 

Dário Saadi disse ainda que ao mesmo tempo, vai ser possível ampliar o atendimento para adultos dentro do atual prédio do Mário Gatti, já que a ideia é levar a área de pediatria do hospital atual para o Metropolitano. 

"Atualmente, o atendimento pediátrico do Hospital Mário Gatti ocorre no quarto andar da unidade. A ideia é que com esse lugar liberado, seja possível ampliar o atendimento de adultos na unidade", contou o prefeito. 

Já o presidente da Rede Mário Gatti, Sergio Bisogni, disse que com o contrato assinado, é possível fazer um planejamento de como será implantado o hospital pediátrico. 

"Por enquanto vai continuar sendo exclusivo para atendimento de covid-19 até que a pandemia nos dê uma trégua", contou. 

Você viu?


NA JUSTIÇA 

A unidade foi requisitada judicialmente no começo de março pela administração após a rede de saúde municipal entrar em colapso com a alta de internações de coronavírus.

Após o ocorrido, a unidade entrou na Justiça requisitando o local de volta, mas teve o pedido de liminar negado.
Desde então a implantação da unidade pediátrica vinha sendo intermediada pelo setor jurídico da Prefeitura. 

LOCAÇÃO DO HOSPITAL METROPOLITANO 

A Prefeitura tinha manifestado interesse na locação do imóvel. "E assim que a pandemia nos permitir vamos tirar o atendimento usado para pacientes com covid-19 e dar início a esse atendimento pediátrico do Mário Gattinho". 

Uma equipe do Departamento de Avaliação de Imóveis da Prefeitura de Campinas avaliou o prédio do antigo Hospital Metropolitano. 

"Em cima dessa análise foi firmado um valor de R$ 72 mil por mês. Nós aceitamos o valor e agora com a resolução de um problema judicial entre antigos proprietários temos segurança para começar a transformação do Mário Gattinho, especializada para atendimento das crianças", explicou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários