Após frio intenso, Campinas tem previsão de calor na próxima semana
Reprodução: ACidade ON
Após frio intenso, Campinas tem previsão de calor na próxima semana


Para quem espera ansiosamente o aumento nas temperaturas após as sucessivas ondas de frio das últimas semanas, em Campinas, temos uma boa notícia: a previsão do tempo para a próxima semana é de uma trégua no frio, com clima mais quente na região. 

Segundo o Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp, para hoje, a máxima fica em torno de 25ºC. No sábado, as temperaturas ficam entre 14ºC e 26ºC. No domingo, ficam entre 14ºC e 28ºC. Já, a partir de segunda-feira, elas aumentam ainda mais.

"Na próxima semana, a partir de segunda-feira, o que esperamos é predomínio de sol e temperaturas em elevação, principalmente as máximas", explicou Bruno Bainy, meteorologista do Cepagri.

Segundo Bainy, no meio da semana os indicativos apontam para que as máximas sejam ainda maiores. 

"Lá pela quarta-feira, teremos provavelmente as maiores máximas da semana", pontou. Segundo ele, em um dos modelos números utilizados pelo Centro apontam para temperaturas máxima em torno de 31ºC a 33ºC graus na quarta-feira, mas há ainda um grau de incerteza em relação a quanto a máxima deve chegar.

"A certeza é que será uma semana relativamente quente, com temperaturas entre 28ºC e 30ºC e calor já a partir de segunda-feira", pontuou. 

BLOQUEIO DO FRIO

Segundo Bainy, o calor será possível devido a um sistema que atua como "bloqueio" da frente fria que passa pelo país

"Teremos um sistema de alta pressão, que acaba atuando como 'bloqueio' impedindo avanço da frente fria, que vai atuar mais no Sul sem conseguir avançar para as demais regiões", explicou. 

"Esse sistema de bloqueio acaba intensificando as características da massa de ar tropical que atua Centro-Oeste do país, intensificando a temperatura, baixando umidade relativa do ar. Mas o bloqueio deve persistir só ao longo da próxima semana, indo embora em seguida" completou.

Você viu?

E O FRIO QUE ERA PREVISTO? 

No início da semana, foi indicado que uma frente fria que se aproximava do país poderia baixar ainda mais as temperaturas. A frente fria passa pelo Brasil, no entanto não deve trazer reflexos na região de Campinas, por causa do sistema de alta pressão.

"Foi noticiado no início desta semana que teria uma frente fria, com chances de geada na próxima semana, mas o tempo muda e a previsão também. A frente fria vai passar, mas fica mais pelo Sul do país, com efeitos no Sul e Leste de São Paulo" disse Bainy. Vale lembrar que previsões são mais precisas com a proximidade de datas. 

FRENTES FRIAS

Os modelos meteorológicos apontavam para três frentes frias neste mês de agosto no Estado de São Paulo, a primeira, que seria no dia 5 (ontem), no entanto. ainda não impacta a região. As próximas frentes frias esperadas podem ocorrer na primeira quinzena desse mês, e depois no fim de agosto. 

Segundo Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as novas frentes frias serão intercaladas e deverão atingir o país entre os dias 10 e 13 e, depois, a partir do dia 19. 

"A região Sul e parte do Centro-Oeste e do Sudeste vão sentir mais frio com essas novas frentes frias", diz o meteorologista. "Deve ocorrer geada, temperaturas próximas de 0ºC, mas nada parecido com o que foi a última massa de ar polar". 


AGOSTO 

De acordo com o Climatempo, agosto vai gerar a sensação de "que o frio não passa", porque as temperaturas previstas para o mês, sobretudo nas regiões que serão mais afetadas pelas frentes frias, ficarão bem abaixo do normal para esta época do ano. 

O Climatempo também sinaliza, como o Inmet, que não há previsão de uma nova friaca semelhante aos últimos dias de julho, "mas o frio será mais duradouro".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários