Unicamp marca volta presencial para dia 13 de setembro
Reprodução: ACidade ON
Unicamp marca volta presencial para dia 13 de setembro

Você viu?

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) marcou para o dia 13 de setembro a volta presencial dos campi. Segundo a universidade, t odos servidores da universidade já imunizados contra a covid-19, e que ainda não estão em atividades presenciais, poderão retornar no dia.

Os estudantes de graduação e de pós-graduação também retornarão após a vacinação completa.


Segundo a Unicamp, o formato das atividades didáticas será determinado pelas respectivas faculdades, institutos e colégios técnicos. O anúncio foi feito na noite de sexta-feira (13).

A Unicamp também vai, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campinas e o Cecom (Centro de Saúde da Comunidade), a partir do dia 17 de agosto, vacinar todos os servidores, estudantes e funcionários de empresas terceirizadas que ainda não se imunizaram.

Para marcar o momento, a universidade fará ainda uma cerimônia de reabertura dos campi, com um ato simbólico de "acender de luzes". Depois do ato, haverá uma homenagem às vítimas da covid-19 e uma programação especial durante a semana, com eventos artísticos.

MEDIDAS E VACINAÇÃO

Para a retomada estão sendo elaboradas medidas de contenção pelo Comitê Científico de Contingência do Coronavírus da Unicamp.

Entre elas, estão: a testagem prévia para SARS-CoV-2; o treinamento de medidas sanitárias por meio de videoaulas; o uso de aplicativo para vigilância epidemiológica; e o papel de acompanhamento dos Comitês de Crise locais dos Institutos, Unidades, Órgãos, Centros, Núcleos e Colégios Técnicos.



EM JULHO

Em julho, o reitor da Unicamp, Antônio José Meirelles, conhecido como Tom Zé, afirmou que planejava um retorno das aulas presenciais ainda de forma híbrida (com aulas presenciais e remotas) a partir de outubro deste ano. Essa volta seria com 60% de ocupação das salas de aula e uso de máscara, além do distanciamento social.

Vale destacar que a universidade encerrou suas atividades presenciais no dia 13 de março do ano passado, mesmo dia em que Campinas registrou seu primeiro caso de covid-19, e foi a primeira universidade do país a tomar esse tipo de medida.

De lá para cá, alguns cursos da área de saúde retomaram suas atividades presenciais. Já as demais áreas seguem com aula à distância.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários