Campinas está com clima desértico.
Carlos Bassan / Pref. de Campinas
Campinas está com clima desértico.


Campinas entrou em estado de emergência, na tarde desta quarta-feira (25), após atingir 11,8% de índice de umidade relativa do ar. O dado foi informado no boletim da Defesa Civil emitido às 15h20 de hoje. O registro foi feito na Estação Ciiagro/IAC Campinas Região Norte.

De acordo com a meteorologista do Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura), da Unicamp, Ana Ávila, essa umidade relativa do ar registrada hoje é considerada como um clima desértico.

"O deserto é cerca de 7% a 8% de umidade relativa do ar, então podemos dizer que Campinas está com um clima desértico hoje, nesse estado de emergência decretado", disse.

Hoje ainda havia o alerta para o risco de altas temperaturas que poderiam chegar aos 35ºC. Mas, segundo a medição do Cepagri, a temperatura ficou estável e a máxima registrada foi de 33,2ºC. O calor continua nessa quinta-feira.

URA

Quando o índice da URA (Umidade Relativa do Ar) fica abaixo de 12% é decretado do estado de emergência. Nesta situação, é preciso observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta.

Em julho, Campinas ficou dois dias seguidos em estado de emergência devido ao tempo seco. Isso ocorreu nos dias 21 e 22 de julho, quando a cidade atingiu 11,9% e 8,9% de umidade relativa do ar, respectivamente.

Antes disso, esse estado não era registrado na cidade desde 2020. Na época, a cidade atingiu 9,3% de umidade relativa do ar no dia 9 de novembro.

Você viu?

AS MEDIDAS

Entre as medidas estão:

- A interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas, como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência

- Suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas também entre 10 e 16 horas

- Manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças e de hospitais, entre outros

- Aumentar a hidratação com maior ingestão água

- sempre que possível, permanecer em locais protegidos do sol e em áreas vegetadas, evitar aglomerações em ambientes fechados e usar soro fisiológico para olhos e narinas


DURANTE O DIA

Hoje, a umidade relativa do ar foi diminuindo com o passar do dia e o aumento da temperatura. O Departamento de Defesa Civil deu informe de Estado de Alerta no fim da manhã de hoje, quando a umidade relativa do ar atingiu o índice de 19,8%, às 11h20. O estado de alerta se dá quando a URA fica entre 20% e 12%.

Campinas já estava em estado de atenção desde 9h20 da manhã, quando foi registrada a URA de 27,8%, ou seja, abaixo dos 30%. O Estado de Atenção é ocorre quando a umidade fica entre 20 e 30%.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários