Simulacros de arma foram apreendidos com um dos suspeitos (Foto: Divulgação DIG)
Simulacros de arma foram apreendidos com um dos suspeitos (Foto: Divulgação DIG)

A DIG (Delegacia de Investigação Geral) realizou nesta quarta-feira (1º) uma operação contra uma quadrilha envolvida em roubos e sequestros relâmpagos feitos na região de Campinas . Até agora, três homens já foram presos, e um continua foragido. 

Segundo a Polícia Civil, a investigação começou após o sequestro de uma família, no início de julho. Os bandidos teriam entrado na frente do carro das vítimas, enquanto a família trafegava na divisa entre Campinas e Valinhos. De acordo com a corporação, quatro bandidos renderam a família mantendo as vítimas refém para sacar dinheiro em caixas eletrônicos e fazer transferência bancarias via Pix.  

A família foi levada ao bairro Campo Belo para realizarem saques em maquinas de cartões e caixas eletrônicos. Foi levado também dinheiro e um anel de ouro.  

Com essas informações policiais da DIG iniciaram investigações e identificaram a quadrilha que tem agido na região. Foram identificados e presos um homem de 21 anos, um de 18 anos, e um de 19 anos. Um outro acusado de 18 anos ainda está foragido.  


Ainda segundo a polícia civil, a quadrilha é suspeita de outros dois assaltos, um realizado em meados de julho no Jardim do Trevo, e outro em março, na rodovia Santos Dumont (SP-075). As investigações apontam que a quadrilha agiu ainda em outros roubos na região.

Você viu?

Para encontrar os suspeitos, mandados foram cumpridos na região dos bairros Cidade Singer, e Jardim São Fernando. Com um dos presos, dois simulacros de arma de fogo foram encontrados.  

Os presos foram encaminhados à sede da DIG, no Jardim Amazonas. As investigações continuam para tentar encontrar outros suspeitos. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários